Resenha Do Cd Da Vende-se



em 28/07/2003 por RecifeRock.com.br

resenha feita pelo site parceiro: ALUCINÁTICOS – http://www.alucinaticos.com.br

Vende-se

“Prefácio” CD, Independente (2003)


Por Lino Maury

Dentro do cenário hardcore nacional, o segmento que vem ganhando mais força ultimamente é, sem sombra de dúvidas, o emocore.

A tendência, inegavelmente encabeçada pelos capixabas do Dead Fish, pode não agradar às massas, porém a grande quantidade de bandas novas que estão misturando suas mais inocentes emoções com a agressividade do HC comprova de alguma forma seu sucesso.

Em Olinda, capital do frevo, a banda Vende-se não poupa sentimentos com a demo “Prefácio”. O título já demonstra uma certa proposta poética para as letras, mas o alto teor subjetivo, por muitas vezes, submete o lado literário da banda à pura estética sonora.

A voz de Gabriel José, como toda banda emo que se preze, se mostra afetada e exaltada pelo conteúdo das letras: uma espécie de teatro dramático-vocal. É aquele tipo de vocal que em algumas músicas fica perfeito, já em outras se torna extremamente irritante.

As guitarras de Gabriel são com certeza o maior destaque. Mesmo com bases comuns, conseguem sair do típico de forma harmônica e com riffs bem interessantes. Infelizmente a gravação não é das melhores.

Por trás das guitarras vem o baixo de Felipe Pepe, que apesar de discreto, denota uma habilidade sutil e mostra que tem muita importância para a sonoridade da banda.

Por fim, a bateria de Wilson Durand sustentando todas as músicas, não com a obrigação de dar peso às canções, mas de colocar toda a bagunça de acordes em seus devidos lugares.

Com onze músicas, a demo “Prefácio” não tem qualidade de gravação, algo que não se pode esperar muito de uma produção completamente independente. Mas para quem tem ouvidos abertos às sensações que o Vende-se procura provocar, isso não vai fazer muita diferença.

Links:
» Zine Alucináticos (Brasilia)
» Vende-se no RecifeRock

——–

Posted segunda-feira, julho 28th, 2003 under Notícias.

Comments are closed.