Sem Minutos de Silêncio 3

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show
SEM MINUTOS DE SILNCIO 3
data: 09/08/2003 (Sábado) – local: Dokas
com Neuroslave, Hi-Fi, Ala 7, Pluck, Sinekuanom, Zôikitá, Scream e Foxy
Resenha por RecifeRock.com.br – Fotos por Guilherme Moura e Bruno Negaum

Sem Minutos 3 acaba virando tributo à Max Cavalera.
em 09/08/2003 por RecifeRock.com.br

O telefone toca. do outro lado da linha, o chapa Guilherme Moura pergunta “E aí, está pronto para cobrir o ‘Sem Minutos”?

Como estava disposto, respondi positivamente, e assim lá fomos nós, eu, Guilherme Moura e Bruno Negaum, rumo ao Dokas, na nobre intenção de registrar o festival, totalmente dedicada às novas bandas de metal da cena pernambucana.

Eis que , por volta das 19h, entra em palco o Neuroslave. Devo dizer que fiquei impressionado com a capacidade vocal do moleque Thiago, embora a banda tenha escolhido para abrir o show um cover do System of a Down (até quando, Senhor?). no mais, fiquei curioso com alguns fatos sobre o grupo. O Neuroslave só possui cinco meses de vida e, como me confidenciou Thiago após o show, vai encerrar as atividades. O motivo? Simples. O guitarrista e o baixista vão prestar vestibular no final do ano…

Logo após foi a vez do Hi-Fi entrar em cena. Fiquei entusiasmado com a formação da banda, que possui três meninas e um cara no baixo. A vocalista Ana Luiza é ótima, assim como a guitarrista Eny, que, além de ser uma gracinha (tem só 19 anos!) toca muito bem e canta como um anjo. Fiquei hipnotizado, assim como boa parte dos 55 pagantes…pois é, o público foi minguado mesmo.

Depois o Ala 7 fez uma apresentação que primou pela competência. Além de boas músicas próprias, como “Hipócrita”, a banda tocou covers de Raimundos (“Andar na Pedra”), Sheik Tosado (“Toda Casa tem um Pouco de África”) e Chico Science (“Da lama ao Caos” e “Samba Makossa). Bom show, onde o grande destaque, na minha opinião, foi o ótimo baterista Rafael, aliás, o melhor batera da noite.

O Pluck faz um death metal de primeira linha. Os caras têm atitude, presença de palco e ousadia. Não é qualquer um que tem coragem de fazer uma versão thrash para “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga. O grupo também foi responsável pelo início de uma verdadeira ode ao Sepultura. Mandaram (bem) uma versão de “Territory” e outra de “Roots, Bloody Roots”. Fiquei com a sensação que seria o melhor show da noite. Estava enganado.

Falar o que do Sinekuanom? Os caras tocam bem, têm carisma, mas fiquei com a impressão que falta alguma coisa…e tome Max na cabeça…os meninos tocaram “No Hope, no Fear” e “Bleed”, ambas do Soulfly. A esta altura do campeonado, até eu, que sou fã incondicional da obra de Max Cavalera, comecei a me sentir meio enfadado.

Hora da pipoca. Como ninguém é de ferro, eu e meus comparsas demos um tempo para reabastecer as energias, devorando um sacão de pipoca de microondas e dividindo duas latinhas de coca-cola. Foi quando começou o show do Zôikitá, para mim, o melhor da noite. O guitarrista Pedro Augusto toca absurdamente bem. A banda faz um trash metal invocado e das antigas, e fiquei com saudades da época em que possuía uma longa cabeleira que me permitia bater a cabeça sem ter a sensação de estar sendo ridículo. Melhor ainda… os rapazes não tocaram nada do Sepultura.

Fiquei com pena do Scream. Quando o grupo subiu no palco, apenas 19 pessoas ficaram no Dokas para prestigiar a apresentação da banda, que, diga-se, foi muito boa. Mais uma vez escutei “Territory”,e definitivamente, minha paciência foi pro espaço.

Fechando a noite, o Foxy fez um show “intimista”. As 19 pessoas presentes logo se transformaram em menos de 15. E tome Soulfly (“No Hope, no Fear”, de novo). E haja Sepultura com “Attitude” e “Roots, Bloody Roots”. Saí do Dokas com a certeza de que Recife, em se tratando dos grupos, tem uma cena metal digna e competente. Mas, admito, vou ficar um bom tempo sem ouvir minha coleção do Sepultura.

Clique na foto abaixo para abrir a PopUp com as fotos do Sem Minutos de Silêncio 3:

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show

Links:
» Zôikitá no RecifeRock
» Scream no RecifeRock

——–

Posted sábado, agosto 9th, 2003 under Coberturas.

Comments are closed.