Faixa a Faixa: Hanagorik – “The Caravan”

Hanagorik - The Caravan (2003) - Insano Discos

Faixa a Faixa
em 30/08/2003 por Tuca e Daniel (Hanagorik)

Aqui esta o faixa a faixa do cd The Caravan feito por Tuca e Daniel, direto da Europa, onde a banda está em turnê.

01. A Way to Freedom

“Acho uma das musicas mais fortes do cd pois ela funciona muito bem ao vivo e a gravação ficou bem pesada, musica e letra são do Daniel e acho que realmente ele conseguiu compor uma boa musica, rica em harmonias e climas.

Obs. Daniel não conhece Propaganda do Sepultura.”

02. Children of Filth

“Daniel teve a idéia da letra e de fazer essa musica quando fomos fazer algumas fotos promocionais ainda na época do álbum “For Kids with some Problems”, essas fotos foram feitas numa parte da periferia chamada “lixão” lá de Surubim onde as pessoas praticamente vivem em meio aos esgotos, isso nos deixou bem impressionados e mais ainda a Daniel, quando íamos deixando o local ele ouviu um dos moradores dizer pra outro que nos estávamos indo pra Alemanha para trazer ajuda pra comunidade deles, aquilo foi como uma bala bem no meio das nossas consciências.”

03. Old Nick Old Harry

“Essa e minha,e também muito rica em harmonias e climas, o refrão lembra um pouco o estilo de Ozzy com os backing vocals em terças e quartas apoiando a main voice, na segunda parte do solo de guitarra ha um trecho em que colocamos a guitarra ao contrario, tentamos fazer algo mas como nada combinava resolvemos pegar o trecho do solo de “Tomorrow Never Knows” dos Beatles, só que em vez de samplea-lo Daniel o isolou, desinverteu-o então eu tirei o solo, ele então o inverteu novamente e o colocamos lá. E a letra e bem interessante.”

04. High Low

“Em nossa ultima European Tour ficamos hospedados na casa dos nossos amigos da banda Hierrrsch em Berlim e o pai deles que e também o batera da banda e é uma figura muito engraçada não falava inglês e nos e claro não falávamos alemão, a única coisa que ele dizia era “HELLO” que com o sotaque alemão soava HIGH LOW, então Daniel teve a idéia, fizemos a letra em Berlim e a musica no Brasil. Mr Fantástico conseguiu uma grande pegada de bateria nessa musica.”

05. Save a Prayer (Cover do Duran Duran)

“Uma grande musica é sempre uma grande musica, e como uma grande canção pop de uma grande banda pop essa estava impregnada nas nossas mentes desde os anos 80 quando costumávamos tocar coisas como “A Matter of Feeling” nos bailes lá em Surubim e região. No primeiro cd Uncivil (1997) havíamos regravado “Tomorrow Never Knows” dos Beatles então alguém teve a idéia de fazer esta, Gostamos do arranjo ficou bem mais pesada do que queríamos, pensávamos em fazê-la ainda mais soft.

A primeira idéia foi fazer “Shout” do Tears for Fears mas outra banda que ouvimos na Alemanha já havia feito. Quem sabe no próximo cd não fazemos uma do Midnight Oil.”

06. Samples of Feelings

“Essa a musica e o arranjo são do Jones e meu, a Letra é do Daniel. É uma musica um pouco confusa e diferente do modo normal como compomos, sem um começo meio e fim muito definidos, vale pela estranheza, mas não é uma musica pra se tocar ao vivo eu acho.”

07. Die Stimmen

“Particulamente eu (Tuca) acho uma das mais belas do cd, Daniel a compôs, fez toda a programação de bateria, teclados e samples e ainda fez backing vocal, Jones a cantou bem e eu toquei baixo numa linha mais mecânica como o Police de “Invisible Sun” ou mesmo Paulo Ricardo de “Liberdade (guerra fria)”.Uma grande canção que fala de dor e loucura.”

08. Cold Blue Eyes

“Eu tava ligado em fazer um lance meio Primus quando pensei nesta, mas como acontece em tudo que o Hanagorik bota a mão acabou ficando completamente diferente da proposta original, e ela funciona muito bem ao vivo também.”

09. Spit Fire

“Essa é porrada pura era uma que estava guardada há uns quarto anos e que volta e meia rolava nos shows, só agora resolvemos gravá-la. Mr Fantástico tocou-a violentamente!”

10. Doing Nothing For Nobody

“Essa é de 1997, e havia sido composta exclusivamente para uma coletânea chamada ROCK NA ALDEIA, em um festival que tocamos em João Pessoa. Essa sim pode ser chamada de New Metal, na época Jones ouvia muito Korn e é claro que de alguma forma isso influenciou a banda durante o processo de criação! Engraçado é que desde o CD Uncivil ouvimos essa história de que o Hanagorik está “fazendo New Metal”, na época um crítico de uma conceituada revista brasileira acusava uma de nossas músicas com o mesmo rótulo (“Song for a Friend”) onde, na verdade, era só um hard blues a la Zeppelin, acho que os críticos acham um charminho escrever ‘NU Metal`, dá uma ênfase a material, sabe!”

11. The Silence

“Porrada pura, a menor faixa do cd mas muito poderosa, a letra tem trechos em espanhol, português e alguns palavrões em alemão, César havia me dado um cd com algumas bandas como Cannibal Corpse, Slayer e entre eles tinha o Brujeria, então me deu na telha de fazer um lance rápido e forte, foi ai que Daniel veio com a idéia de chamá-la The Silence.”

12. The Noise

“Essa e realmente bonita, é do Daniel e seria a resposta a the Silence tipo um jogo de palavras se é que alguém não notou: THE NOISE (a calma) e THE SILENCE (a porrada). Bem soft com violões a la Pink Floyd e um final longo como algumas musicas de bandas progressivas dos anos 60 e 70 a letra também é um jogo onde o barulho (THE NOISE) é colocado como uma coisa inerente ao ser humano tanto quanto o silêncio, nesse mundo globalizado, frio, futurista, automatizado e barulhento onde o barulho às vezes esta implícito ate no mais profundo silêncio assim como a atitude pode esta escondida ate na mais singela balada.”

13. From You to Me (Live in Belgium)

“Gravado na Bélgica em 2002, esse e a ultima participação de Junior tocando bateria em uma gravação do Hanagorik. O show foi em um squat (lugar ocupado pelos punks e anarquistas) na cidade de Gent.”

Ficamos realmente satisfeitos com esse cd pois experimentamos muito, rolou backing vocals, samples, efeitos e a liberdade de estar trabalhando no próprio estúdio com pessoas de mente aberta e sem medo de atravessar “fronteiras”, todos os anos de experiência (13 anos com o Hanagorik + 6 de bandas de baile) serviram para aproveitar as coisas que aprendemos sejam elas boas ou ruins, bonitas ou feias, aprendendo com o Barulho e o Silencio.

Acho que o próximo só pra variar vai ser bem diferente. Valeu!

Hanagorik

Links:
» Hanagorik no RecifeRock

——–

Posted sábado, agosto 30th, 2003 under Discos.

Comments are closed.