Autoramas no Recife

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show
AUTORAMAS EM RECIFE
data: 13/12/2003 (Sábado) – local: Capibar
com Porão GB, Autistas, Vamoz, Astronautas e Autoramas (RJ)
Resenha por Breno Mendonça – Fotos por Bruno Negaum

em 13/12/2003 por Breno Mendonça

Oi pessoas! Depois de muito adiado, aqui está finalmente os comentários do show do Autoramas lá no Capibar, que rolou no dia 13/12, com a participação das bandas Porão GB, Autistas (!!!), Vamoz! e Astronautas (é, eles tocaram também!). Vou logo avisando que vai ser pá-e-bola, não vou me alongar muito. Não que os shows tenham sido ruins. Não é isso. Ao contrário. Foram muito bons!!! Muito bons!!! É que eu tô com preguiça mesmo… Eu sou muito preguiçoso………. Mas vamos aos fatos!

Ansiedade grande. Uma das melhores bandas indie do Brasil… Três das melhores bandas da atual cena rock pernambucana juntas na mesma noite… Expectativa de um ótimo público, apesar da enorme quantidade de shows rolando no mesmo horário na cidade. O Autoramas tocaria uma hora. Os outros tinham 25 minutos pra tocar. Eu já tava na pilha! Passei na casa do Autista (para quem não sabe, Marcelo, batera da banda Autistas) pra pegar ele e fomos em direção ao Capibar. Chegamos atrasados como sempre. O primeiro grupo a se apresentar seria o Porão GB.

Estava marcado para 22:45. Chegamos durante o show deles, e como tínhamos que tirar os instrumentos do carro e coisa e tal, acabamos perdendo. Este foi o primeiro show do novo baterista deles, Vina. Terminada a apresentação dos caras do Porão, era a nossa vez de tocar. Para quem não sabe eu toco guitarra na banda Autistas

, e esse seria nosso primeiro show depois de Artur (vocal da banda) ter operado a língua, fato esse que deixou ele de molho durante um mês, e sem ensaiar. Depois de montarmos tudo, por volta das 23:30 começamos nosso show. Tínhamos dentre 7 músicas para escolher e 5 pra tocarmos, então mandamos ver de cara uma música nova no repertório, “Photograph” do Weezer. Foi bem recepcionada. O público já era um pouco maior, mas ainda não estava cheio. Em seguida mandamos “Richard III” do Supergrass (uma das minhas favoritas), e “Interstate Love Song” do Stone Temple Pilots. Parada pra escolher a próxima. “Just” do Radiohead foi a seguinte. Essa música ficou muito legal, e o público pareceu ter gostado bastante. “Fuckin’ Up” de Neil Young (que foi executada só até a metade devido a uma queda de luz) e “The Bitter End” do Placebo fecharam nosso set. A essa altura, o público já era bem grande.

Saímos e damos espaço para a galera da Vamoz! , que seria o grupo seguinte. Não tenho muito o que falar do show dos caras. Só que foi igual a todos os outros. Ou seja, muito bom!!! O tempo curto da apresentação fez com que eles tocassem só os “crássicos”. Rolou de início, a instrumental “Fire Baby”, seguida de “Rock Me”. Depois veio “Letter” e “Heart Of Gold” (pra mim a melhor música da banda), “Beatles com Chocolate” e o hit “Beside” para encerrar em grande estilo. Mais um ótimo show deles. Eles só devem voltar a fazer shows em Recife em Março do ano que vem.

Depois da Vamoz!, rolou a surpresa da noite: Astronautas. Bem, todo mundo desconfiava que ia rolar uma participação dos caras e tal… Mas a certeza só veio quando eles começaram a preparar tudo pra tocar. Os caras do Astronautas sempre mandam bem, agitando muito no palco, com uma performance bem vibrante. Não foi diferente dessa vez. Começaram já chutando o balde com o cover do Queens Of The Stone Age, “Go With The Flow”, seguida de “Ultravioleta”, “Psicodelia Cotidiana”. Rolaram também os hits radiofônicos da banda, “Nós Robôs” e “Orbital”. Pra fechar eles tocaram, assim como no show do Pátio de São Pedro, o cover do Kraftwerk “The Model”. Grande apresentação. Tinha tudo pra ser a melhor da noite. Só não foi porque logo em seguida veio o Autoramas!

Como eu disse antes, uma das melhores bandas Rock do Brasil. Todos esperando um grande show, Gabriel e Bacalhau não desapontaram. É, beleza, mas, e a Simone? Bem, Simone não veio. Problemas particulares a impossibilitaram de estar conosco nessa noite. Uma pena… Voltando ao show. Eles começaram com a ótima “Você Sabe”, seguida da quase clássico “Rei da Implicância”, e “Nada a Ver”. Esse lance de tocar sem baixo parece que virou moda, hein ? Brincadeiras à parte, a falta do baixo quase não era notada. Eu disse “quase”, porque nada nem ninguém iria substituir Simone… A guitarra de Gabriel preenchia muito bem o som, e, aliada à batera vigorosa de Bacalhau, deu a naturalidade necessária para a apresentação rolar de maneira agradável aos ouvidos carentes de um baixo… Uma coisa que pode-se destacar dos caras é o carisma. Conseguem de cara criar uma empatia com a platéia. Ponto pra eles! Os clássicos da banda não podiam faltar. Rolaram “Autodestruição” e “Carinha Triste”. Rrrock!!! Bem pessoal, a partir de um certo momento do show, depois de muitas (e muitas) cervejas, eu já não assimilava muita coisa, então só me lembro dessas músicas. Foi um grande show! O melhor da noite! com certeza o melhor que o Capibar recebeu esse ano! Falando em Capibar, pra quem achava que o bar não tinha estrutura de receber o Autoramas, e não foi por causa disso, se deu mal… Isso também graças à galera do Astronautas, que organizou a parada de forma impecável. Um som que não deu problema em nenhum momento, iluminação perfeita, e tratamento para com as bandas, de muito respeito e atenção. É assim que se faz! Parabéns à galera do Astronautas pelo sucesso do evento. E que venham mais!

Rrrrrrock!!!!!

Clique na foto abaixo para abrir a PopUp com as fotos do Autoramas em Recife:

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show

Links:
» Vamoz! no RecifeRock
» PorãoGB no RecifeRock
» Autoramas – Site Oficial

——–

Posted sábado, dezembro 13th, 2003 under Coberturas.

Comments are closed.