A Europa É Mais Perto Que São Paulo? – Parte 1

em 31/03/2004 por Hugo Montarroyos

Tem coisas que estão tão na cara da gente que simplesmente não enxergamos. Quando Guilherme começou a listar o número de bandas que segue constantemente o roteiro europeu, fiquei assustado.

Principalmente porque esses grupos são praticamente ignorados no eixo Rio/São Paulo. Ou será que são as bandas que preferem ignorar os circuitos nacionais, que não oferecem a mesma estrutura do mercado europeu? Eis então que comecei a entender a relevância da pauta sugerida por Guilherme: afinal, a Europa é mais perto do que o sudeste do Brasil? O que leva artistas tão distintos entre si como DJ Dolores, Hanagorik e Silvério Pessoa a preferirem o gélido clima do velho continente no lugar de encarar a cidade maravilhosa e a terra da garoa, outrora paraísos da mídia brasileira e principais vitrines para as bandas que buscavam (buscam) um lugar ao sol ? Foi caraminholando tais questões que decidimos trocar e-mails com essas figuras e desvendamos tais mistérios. O material rendeu tanto que resolvemos dividir em quatro partes. A primeira é esta introdução que você está lendo. A segunda, foi feita com o Hanagorik, a terceira, com Silvério Pessoa e a quarta, bem, essa eu não conto nem sob tortura.

Onde chegamos ? Que conclusão obtivemos ? Ah, deixa de ser preguiçoso e lê as matérias, pô! Quem sabe, você também acabe se animando a se aventurar num desses pólos. Pra começar, segue abaixo as distâncias e os preços das passagens pra São Paulo e Lisboa.

——–

Posted quarta-feira, março 31st, 2004 under Notícias.

Comments are closed.