Chuck fala Sobre Show, Jornalismo e Gastronomia

Forgotten Boys

em 29/04/2004 por Hugo Montarroyos

Logo após o show do Forgotten Boys, fui direto ao camarim para conversar com o figuraça Chuck Hipolitho. Além de guitarrista da banda, o cara é estagiário de um restaurante francês em São Paulo e estudante de gastronomia! Nas horas vagas, Chuck ainda escreve para a “Zero” e para a “Revista da MTV”. Confira abaixo a entrevista, onde Chuck falou que teve receio de tocar na noite dos metaleiros.

RecifeRock – O quer você achou do show ? Vocês só tiveram tempo de passar uma música…

Chuck – Foi. Primeiro falaram pra gente que a gente não ia passar o som, que não ia dar tempo. Mas a gente já está acostumado com isso, nada demais…Mas aí na hora rolou a oportunidade de passar uma música só…você tava vendo ?

RecifeRock – Tava.

Chuck – Então, a gente passou um música e beleza. Nossa preocupação maior era a seguinte: a gente pensava que ia tocar mais tarde e no outro palco, no pequeno. Aí depois a gente ficou sabendo que seríamos a primeira banda do palco principal. A gente lamentou porque achou que o público seria pequeno por causa do horário. Cara, mas no fim foi do caralho! Eu fui ficando cada vez mais bêbado durante o show. Foi do caralho! Foi maravilhoso! Eu estava comentando com o Gustavo (guitarrista) que foi o melhor show que já fiz.

RecifeRock – Por que o Fralda (baixista) não veio ?

Chuck – Ele saiu da banda. Tive uns atritos com ele e o cara acabou saindo. A gente tocou hoje com o Marcão, que é de uma banda de São Paulo chamada Hurtmold (N.E. do caralho, por sinal), uma banda que a gente ama muito, apesar de não ter nada em comum com o nosso som, e ele toca bateria comigo numa banda chamada Vandêmia (?). É uma banda que tá lançando disco agora e que logo logo você ouvirá.

RecifeRock – Vocês chegaram aqui quando ?

Chuck – A gente chegou aqui meio-dia. Saímos de Salvador às dez da manhã. Salvador foi foda !

RecifeRock – E aí, acabou o Abril pro Rock pra vocês ou vocês pretendem ficar por aqui mais tempo ?

Chuck – A gente comprou uma passagem promocional (risos) e na verdade era pra gente ter chegado ontem. Mas a gente acabou descendo na Bahia., fizemos uma “gambiarra” e acabamos tocando lá. E nossa passagem de volta é amanhã ao meio dia. Pô, eu pelo menos quero muito passear pelo Recife, nem sei se vou querer ficar para ver o Abril pro Rock. Eu não sei quando terei oportunidade de voltar ao Recife, é muito longe da minha casa, e justamente por isso quero curtir a cidade, quero aproveitar para ver muitas coias. Recife tem muito mais para mostrar do que um festival de rock.

RecifeRock – O que você faz da vida atualmente, além de tocar. Vi umas matérias suas na Zero ultimamente…

Chuck – O que eu faço da vida agora é estudar gastronomia. Eu estou trabalhado num restaurante francês como estagiário. Mas vira e mexe e eu faço uns textos tanto pra Zero como pra Revista da MTV. Pra Trip mesmo eu já escrevi algumas resenhas. Mas não é trampo não…

RecifeRock – Quais são os planos da banda agora ?

Chuck – Cara, procurar um baixista novo. A gente nem sabe ainda como vai procurar. Queríamos que fosse alguém já conhecido, amigo da banda. E no mais, ensaiar, compor, fazer show e tocar. Eu nunca vou fugir disso. Já temos músicas novas. O próximo disco vai ser melhor do que o último.

RecifeRock – Vai ser lançado quando ?

Chuck – Cara, com muita sorte, talvez ainda no final do ano. A gente vai lançar um split junto com o Motossera, que já tá gravado. Te garanto que o próximo disco do Forgotten vai ser bem diferente.

RecifeRock – A cover de “Ace of Spade” é uma pista do que está por vir ?

Chuck – Cara, a gente incluiu essa música no set list porque a gente achou que ia ser muito maltratado pelo público heavy metal daqui. Pensamos que a galera ia odiar a gente. Daí pensamos em tocar um cover do Motorhead para alegrar a galera. Sem falar que a gente ama Motorhead.

é isso! rock!

Links:
» Site dos Forgotten Boys

——–

Posted quinta-feira, abril 29th, 2004 under Notícias.

Comments are closed.