Superoutro – “Autópsia de um Sonho”

Superoutro - Autópsia de um Sonho (2004) - Midsummer Madness

O cd surpreende pela qualidade…
em 16/05/2004 por Bruno Arrais

Resenha: Superoutro – Autópsia de um Sonho (2004) – Midsummer Madness

“Autópsia de um Sonho”, primeiro CD do Superoutro , surpreende pela qualidade, tanto em termos de composições quanto de produção. São 10 faixas, todas autorais; algumas agitadas, cheias de efeitos de guitarra, outras mais lentas e calmas, incluindo até mesmo algumas baladas.

São notáveis neste disco grandes influências de Mogwai (Escócia), Sigur Rós (Islândia) e Sonic Youth (EUA), além de Chico Buarque, The Beatles e Radiohead , entre outros. Estas influências tão diversas resultam numa sonoridade difícil de classificar, pois é por vezes acessível – com suas letras em português (grande diferencial em relação à maioria das bandas de rock alternativo, que teimam em cantar em inglês, pensando no mercado internacional), violões e canções românticas – e ao mesmo tempo bastante alternativo – com suas três guitarras ruidosas à Sonic Youth, doses generosas de efeitos e até músicas instrumentais.

Ao longo das dez faixas, os integrantes, Guga Ramos (guitarra, violão e voz), Bernardo Braga (guitarra e violão ), Zeca (guitarra, violão e teclado), Rafael Guerra (baixo) e Sérgio Kyrillos (bateria), demonstram muita competência e inventividade, destacando-se os efeitos de Bernardo e a bateria precisa de Sérgio.

Os destaques do CD são “O Lago” , primeira faixa, que mostra bem o lado mais alternativo e experimental da banda, “O Castelo” , terceira faixa, instrumental espetacular, uma espécie de caixinha de música caótica, “Como Gritar” , quarta faixa, representa o lado mais calmo da banda, com seus violões e ritmo lento, sem deixar de lado as guitarras ruidosas, é claro, e a minha favorita “A Nova” , faixa de número oito, com guitarra matadora, experimentações e vocal nervoso.

A gravação foi feita por Zé Guilherme Lima e Berna Vieira nos Estúdios Fábrica e Batuka, aqui mesmo, em Recife. Autópsia… contou com a ótima produção de Zé Guilherme, que também tocou teclado nas faixas 4, 8 e 9 e mixou o disco (no Batuka), e foi masterizado por Pablo Lopes (no Fábrica), mostrando mais uma vez (a exemplo de bandas como Vamoz!, Astronautas e Mula Manca), que se pode gravar bons discos sem ter que correr para RJ ou SP.

Onde Comprar:

com a banda pelo e-mail: contato@superoutro.com.br

ou telefone: 9139-4449 (Bernardo)

Preço médio: R$ 10,00

Superoutro - foto de divulgação

Links:
» Superoutro no RecifeRock

——–

Posted domingo, maio 16th, 2004 under Discos.

Comments are closed.