Guitarras Soltas e Zabumbas Falantes

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show
GUITARRAS SOLTAS E ZABUMBAS FALANTES
data: 28/05/2004 (Sexta) – local: Mercado Eufrásio Barbosa
com Favela Reggae, Kayanareal, Vates e Violas, Biliu de Campina, Samboque, N`Zambi, Astro Reggae, Escurinho (PB), Chico Correa (PB), Faces do Subúrbio, Pácua & Via Sat, Coronel Totonho, Flores Reggadas, Mandala e 100mentes
Resenha por Hugo Montarroyos – Fotos por Bruno Negaum

Faces do subúrbio sobra no Guitarras Soltas
em 28/05/2004 por Hugo Montarroyos

Não pisava no Eufrásio Barbosa desde os idos de 90/91, época em que, no mesmo local, costumava encher a cara com uma bebida que misturava cachaça, guaraná em pós, suco de limão e canela, tudo batido no liqüidificador. Bons tempos…

Realizado em dois dias e contando com três ambientes em sua estrutura, o Guitarras Soltas / Zambubas Falantes foi marcado por um público, em se tratando de números, razoável na sexta-feira e bom no sábado. Para quem quer se divertir é ótimo testemunhar um evento com três espaços tocando três estilos distintos. Mas, como não sou onipresente, é inviável para quem vai cobrir…

Bem, de cara então deixo o registro da melhor banda que pude acompanhar no espaço de cima. Trata-se da boa Samboque, que faz um som calcado no samba/jazz, com interessantes intervenções de sax e um vocalista um tanto desafinado. Tocaram a boa “Temporal” e mostraram que têm futuro. Olho neles!

O primeiro dia foi marcado pelo atraso de mais de uma hora, com o primeiro show começando depois de meia-noite. O público, constituído em sua grande maioria por seguidores de reggae, se esbaldou nos shows de Favela Reggae e Kayanareal. Em compensação, ignorou completamente as bandas de forró não-estilizado. Realmente, uma mistura pouco palatável.

O segundo dia foi mais coerente. O ótimo Chico Correa mostrou um som consistente, com influências de DJ Dolores, numa boa mistura de peso, música eletrônica e regionalismo. Dois destaques: o próprio Chico Correa, que com suas guitarras comanda a banda, e o endiabrado sax de Sthephan. Um problema: a vocalista Larissa Montenegro insiste em copiar os tons obtidos por Isaar França.

Escurinho fez um show tranqüilo, sem grandes novidades, misturando peso com ritmos nordestinos. Mas ficou a sensação de “já vi isso antes e bem melhor”.

Quem roubou a cena de fato foi o Faces do Subúrbio, numa apresentação perfeita. Colocou o público pra dançar, mostrou peso quando contou com o apoio da banda e consistência no discurso político quando priorizou o lado hip hop. Abriram com “A Cidade”, de Chico Science. Tocaram ainda a excepcional “Homens Fardados” e deixaram o palco conscientes de que tinham feito o melhor show da noite. O Faces só perde hoje no cenário hip hop para o Racionais MCs.

O Pácua & Via Sat entrou no palco pontualmente (?!) às quatro da matina. Enfrentaram o desinteresse e o cansaço do público. Apesar de achar que a banda está estagnada, sem ter mais para onde crescer, tentei ver com atenção a performance dos caras. Não deu. Também fui vitimado pelo cansaço e fui obrigado a encerrar os trabalhos.

Programação Completa:

28/05 (sexta)
– Favela Reggae, Kayanareal, Vates e Violas, Biliu de Campina, Samboque, N`Zambi, Astro Reggae

29/05 (sábado) – Escurinho (PB), Chico Correa (PB), Faces do Subúrbio, Pácua e Pácua & Via Sat, Coronel Totonho, Flores Reggadas, Mandala e 100mentes

Clique na foto abaixo para abrir a PopUp com as fotos do Guitarras Soltas e Zabumbas Falantes:

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show

Links:
» Site de Chico Correa & Eletronic Band

——–

Posted sexta-feira, maio 28th, 2004 under Coberturas.

Comments are closed.