Dyluvian Leva Metal Melódico para o Festival

Dyluvian (foto divulgação)

em 25/09/2004 por Tyhago ‘Metal’

O Dyluvian vai levar o metal melódico para o Ancoradouro na segunda noite do PE NO ROCK 2004. Confira abaixo a entrevista que eu fiz por e-mail com a banda:

O Dyluvian esta há quanto tempo na estrada?

Gustavo – Aproximadamente 7 anos

Quando sai o próximo disco da banda?

Gustavo – Por enquanto, nós estamos em fase de composição. O material novo tem nos agradado bastante. Assim que tivermos um bom numero de músicas novas, pararemos para planejar com mais detalhes o próximo disco. Dai então daremos início ao processo de seleção das musicas. Não temos nenhuma data prevista por enquanto. Gostariamos de divulgar um pouco mais o nosso primeiro disco antes de lançar o segundo.

Sergio – Está sendo difícil arrumar tempo para conciliar os shows de divulgação do nosso primeiro CD, com a composição de novas músicas. Mesmo assim, temos mostrado um ao outro algumas idéias novas vez ou outra, e tudo leva a crer num segundo bem mais progressivo do que o primeiro, o que pra mim é um grande ponto a mais.

Como vocês encaram tocar no palco 2 do PE no rock? Qual foi a reação da banda?

Gustavo – Nos últimos meses essa é meta principal da banda. Nós estamos muito felizes por finalmente termos uma oportunidade como essa para divulgar o nosso trabalho. Sem sombra de dúvida essa vai ser apresentação mais importante da banda, junto com o acústico do dia 01 de outubro na Livraria Cultura, já que será a primeira vez que estaremos tendo a chance de divulgar o nosso material para um grande numero de pessoas. A reação da banda foi super positiva. Esta é uma oportunida pela qual aspiravamos durante muitos anos.

Sergio – Tudo está sendo importante. Ficamos felizes não apenas pela exposição que os futuros shows nos permitirão, mas também pelo fato de os convites estarem se multiplicando, pois a escassez de shows sempre foi uma queixa nossa. Nesse sentido, o momento tem sido excelente.

Vocês tem uma responsabilidade muito grande representando a cena metal junto com o terra prima. Ansiosos?

Gustavo – Bastante! Nós estamos tentando nos focalizar em apenas bem fazer o que fazemos melhor, tocar. E se tudo der certo tenho, tenho certeza que será um bom cartão de visita para o público que desconhece o estilo. Será um público mais eclético do que estamos acustamados, porém nos agrada esse desafio.

Sergio -É desafiante tocar para diversas pessoas com gostos bem diferentes entre si. É muito legal pensar quais as músicas da banda que poderia agradar ao maior número possível delas, pois o Dyluvian tem um material bem variado. Temos certeza que nós e o Terra Prima vamos abrir mais uma porta para o crescimento do gênero em Recife, coisa que há poucos anos trás seria impensável. Isso mostra que já começa a surgir uma cena metal de fato.

Quais as influências da banda?

Gustavo – Temos uma influêcia bastante eclética. Temos influências de bandas de rock rock progresivo como Yes, Dream Theater, Rush, Marillion e Syphony X. Também temos influencias de bandas como Deep Purple, Mettallica e Black Sabbath. Ou seja, metal e progressivo são os gêneros que mais ouvimos em comum, fora as influências individuais de cada membro que apontam para outros lados mais específicos.

O que vocês acharam do tempo da apresentação de vocês?

Sergio – Gostaríamos de ter um tempo maior, é claro, pelo fato de nossas músicas serem longas, o que é tradicional dentro do estilo. Então não poderemos mostrar muita coisa, mas eu entendo que não é fácil colocar tanta gente pra tocar num mesmo dia, e para dar espaço pra todos, é necessário que todo mundo se aperte um pouco. Mesmo dispondo de pouco tempo, o PE no Rock será uma ótima chance pra nós e vamos aproveitá-la da melhor forma.

Vocês vão tocar algum cover?

Gustavo – Sim. Temos algumas surpresas preparadas para o nosso show.

Vocês ainda estão com a megahard?

Sergio -O contrato que temos é só para este disco, que a gravadora continua distribuindo e, se não me engano, já está encaminhando uma nova prensagem. Não sei responder se o próximo CD ainda sairá pela Megahard, pois ainda não conversamos nada a respeito com eles.

Qual a atual formação da banda?

Sergio – A formação atual da banda conta com Gustavo Aragão na guitarra, Lucas Kist nos teclados, Aroldo Guimarães no baixo, Carlos Fumato na bateria e Sergio Bahia nos vocais.

Como que pintou o convite pra tocar no PE no rock?

Sergio – O Rodrigo ouviu a banda mais ou menos no início desse ano através de uma cópia do CD que o Rogério da Disco de Ouro cedeu a ele. Ficou muito interessado na banda e nós entramos em contato para conversarmos sobre uma possível participação do Dyluvian no festival, que felizmente, acabou se confirmando. Agradeço aqui o empurrãoziho que o Rogério nos deu nesse sentido e também essa nova porta que o Rodrigo está abrindo pra nós. Espero todos os fãs de rock´n´roll com toda a energia possível no dia do show. Vamos fazer juntos um grande evento.

Esse espaço é de vocês…

Gostaria de agradecer a produção do evento pela oportunidade. Temos um show bastante especial preparado que esperamos que agrade ao público que aprecia boa música, qualquer que seja o estilo.

Links:
» Dyluvian no RecifeRock

——–

Posted sábado, setembro 25th, 2004 under Notícias.

Comments are closed.