Suvaca DiPrata Toca Hoje no Programa Atitude.com

Aitude.com - TVU / Cultura - 19h30

em 19/10/2004 por Guilherme Moura

Hoje tem a banda Suvaca diPrata ao vivo no Programa Atitude.com direto do Rio de Janeiro. O programa é ao vivo e começa às 19h30 na TVU / Cultura.

Esse é o primeiro show da turnê Sul/Sudeste do Suvaca diPrata. Mais tarde eu coloco uma entrevista que fiz com a banda falando sobre a turnê. Segura aih…

Serviço:

Suvaca diPrata no Atitude.com

Quando: terça-feira (19/10)

Hora: 19h30

Onde: TVU/Cultura (canal 11)

Olha o release:

Suvaca diPrata

Desde 2001, estrelando na cena musical de Pernambuco, o Suvaca diPrata está lançando seu disco de estréia Corega Check (Fábrica Discos), e se prepara para a primeira turnê nacional. A bolacha do grupo traz muitas influências da música black. Além dos balanços – com sabor de Jorge Ben, Tim Maia, Sly and The Family Stone, e James Brown – há também marcas bluesísticas, sambinhas experimentais e os funkões mais pesados. “É show do Suvaca diPrata/ mulher de biquíni não paga/ mas não pode ser qualquer biquíni/ e nem pode ser qualquer mulher/ tem que saber dançar/ tem que fazer a turma balançar”, recita o vocalista Igor Gazatti na faixa 12 Polegadas, um funk que descreve o estilo Suvaca diPrata. Para o segundo semestre deste ano, o Suvaca já está fechando agenda de shows pelo Brasil.

O projeto começou como um bem sucedido grupo de covers que tocava em festas-baile, nas quais apresentavam shows com cerca de quatro horas de duração. Até que, entre março e setembro de 2003, Igor, Rodrigo Coelho (baixo e voz), Gilberto Bezerra (guitarra), João de Souza Leão (guitarra e voz), Fernando Almeida (teclado e voz) e Joaquim Leão (bateria e voz) se afastaram dos palcos para produzir o disco. A banda já tinha gravado um single com a música A Coisa Não Ta Fácil, que contou com a participação de Naná Vasconcelos. Desta vez, o objetivo era registrar todo um repertório próprio. Junto com o produtor Pablo Lopes (considerado o sétimo integrante da banda), eles gravaram 11 faixas no Fábrica Estúdios em Recife, e, depois, masterizaram com o Carlos Freitas no Classic Master, em São Paulo.

As apresentações no festival Abril Pro Rock, em 2004 e, antes disso, no Palco Pernambuco, em 2003, mostraram ao grande público a segurança da banda ao vivo, já registrada em estúdio. O evento que lançou Corega Check gerou muita repercussão: uma festa-show, com apresentação do grupo e a presença DJ Dolores nos toca-discos. Além dos shows, os planos da banda incluem o videoclipe da música Dia D – já em fase de finalização – e, até o final do ano, um novo retiro para compor o segundo disco.

Para os que ainda não ouviram o som da banda, atenção às recomendações. Se for ao show, fique perto do palco. Se ouvir o CD em casa, aumente o volume. Só assim é possível sentir o peso do groove, marcado pela presença dos sintetizadores. Este é o estilo do Suvaca diPrata. Ninguém vai ficar parado.

Por que Suvaca diPrata? O vocalista Igor Gazatti explica a origem do nome da banda: “Suvaca diPrata vem do Funk, uma das principais referências da banda. A palavra Funk significa entre outras coisas suor, daí a Suvaca. Tem a ver também com o início da banda, quando fazíamos shows de quatro horas, para manter as pessoas dançando e suando. Depois a gente descobriu que Suvaca, no hinduísmo, sugere um indivíduo que atingiu estágio elevado de espírito, bem próximo ao Nirvana. Para a banda, tocar junto, mantendo a sincronia, também é um meio de elevação espiritual. Coincidentemente, a explicação hindú tem muito do que sentimos quando tocamos. O diPrata, além de também ter a ver com o suor, tem a ver com a sandália de prata cantada em alguns sambas clássicos, como Balança Pema, do Jorge Ben”.

Suvaca diPrata

Links:
» Suvaca diPrata no RecifeRock

——–

Posted terça-feira, outubro 19th, 2004 under Notícias.

Comments are closed.