Estrógeno Fala Sobre o Show no Recifobia

Estrógeno

em 22/10/2004 por Hugo Montarroyos

Um dos poucos representantes femininos da cena roqueira de Pernambuco, a banda Estrógeno tocará nesta sexta-feira na edição 2004 do Recifobia. Entrevistei por e-mail a baterista Inge Porto, que falou como será a apresentação no evento e contou como é conflitante ter que desenvolver uma carreira paralela tocando covers para poder dar sustentação financeira ao trabalho autoral (que será apresentado no Recifobia). Eis a entrevista:

Como surgiu o convite para a Estrógeno tocar no Recifobia ?

O Gustavo, da banda Duque de Arake (que é uma galera que a gente gosta muito) ligou avisando do evento..

Como será o show de vocês? Terá quanto tempo de duração ?

Será das 23:15 as 23:55. Composto exclusivamente de músicas autorais, que é o estamos divulgando com toda força.

O que mudou na vida e no som da banda desde a participação no PE no Rock 2003 ?

Foi o primeiro grande evento q participamos, sempre será um marco para nós e importantíssimo no nosso curriculum. Isso nos deu um pouco mais de visibilidade e até mais respaldo no meio musical. Atingimos um público que não nos conhecia e recebemos muitos elogios. Pena que o horário que a gente tocou (fomos a primeira banda) não foi dos melhores (muita gente não tinha chegado ainda), mas tentaremos participar dos próximos e assim divulgar o nosso som para um público maior.

Vocês tocam covers em alguns bares para poder sustentar a produção

autoral da banda. Acha que isso (tocar cover em bar) de alguma forma

arranha a imagem do grupo ?


Arranha sim, sem dúvida. Às vezes recebemos críticas, tanto de músicos quanto de algumas pessoas do público. É uma pena, mas não temos alternativa. É uma espécie de prostituição mesmo. Mas a gente aceita o risco e se submete porque sem a grana, não conseguiríamos gravar os 2 demos que já lançamos. Fora isto, a banda precisa manter os instrumentos, bancar a divulgação, estúdio, etc.. esperamos, com o passar do tempo, que a gente possa manter a banda apenas tocando as nossas músicas, que sempre foi o nosso objetivo. A maioria das pessoas entendem este nosso trabalho paralelo e sabem da nossa ralação. Já cogitamos até mudar o nome da banda pra este trabalho cover, exatamente pra preservar o nome da nossa banda como banda autoral. Mas não chegamos a uma unanimidade. Infelizmente ainda temos que tocar cover em alguns lugares pra poder manter o trabalho autoral da banda, mas o nosso projeto é ficar apenas com músicas autorais. Esperamos um dia ter grana suficiente pra poder manter a banda desta maneira…

É isso, se quiser acrescentar algo, o espaço é seu.

Queria dizer que a gente tá trabalhando neste final de ano muito arduamente pra gravar o nosso demo 2005.. (enquanto não conseguimos gravar o nosso cd “de verdade”… risos…). Esperamos gravar com uma qualidade melhor, tudo vai depender da grana que conseguiremos arrecadar daqui pra lá. E assim que tivermos algo mais concreto, faremos uma boa divulgação, a começar pelo Recife Rock, que é um site q a gente prestigia muito!!

Estrógeno

Links:
» Estrógeno no RecifeRock

——–

Posted sexta-feira, outubro 22nd, 2004 under Notícias.

Comments are closed.