Carfax Conta como Será Show de Lançamento do Cd

Por Hugo Montarroyos em 17 de junho de 2005

Carfax (foto de divulgação)

em 17/06/2005 por Hugo Montarroyos

A Carfax faz neste Sábado, a partir das 22h, no Teatro Maurício de Nassau, o show de lançamento de seu primeiro disco, “O Gosto Antigo da Modernidade”. Troquei umas idéias por e-mail com Marcelo Pompi, guitarrista e um dos vocalistas da banda, que mostrou que escreve de maneira tão peculiar quanto toca e canta. Abaixo você confere o papo.

Pergunta óbvia, porém necessária: como será o show de lançamento do CD “O Gosto Antigo da Novidade” ? Será todo baseado no repertório deste trabalho de estréia ?

Sim e não! Estamos fazendo leituras de músicas do disco que nunca tocamos antes por causa do formato destas, mas neste show vai rolar todo o disco mais músicas do EP ” Carfax ” que nós também não estávamos tocando. Em suma, a gente sente uma nova fase rolando conosco, o “Degustasom” está trazendo seus frutos, os contatos, a produção do dia a dia, e isto se reflete inteiramente no show de lançamento. Vai rolar exposição de arte urbana com telas e camisas pintadas por Apolônio, que é o cara responsável pela arte do CD. Vai rolar exposição de fotos de Amanda Esteves, que nos acompanha desde sempre com sua máquina e mostrará fotos gerais do dia a dia da Carfax. Vai rolar também sorteio de tatoo e piercing pelo “needles tatoo shop”, um mês de academia grátis pela “Animus Academia” e sorteio de dois kits Carfax (Camisa + CD), fora as participações de Bruno, da Volver, Bárbara, da RDO, Fred Andrade e P.G. A festa será como uma celebração com os amigos que têm estado lado a lado com a Carfax nestes tempos e também com os novos amigos que estamos fazendo ao longo. E terá as surpresas sonoras e visuais no palco, como, por exemplo, uma versão de uma banda Pernambucana que hoje não existe mais!

O disco já vendeu quase a metade da tiragem inicial, que é de duas mil cópias. Como vocês têm sentido a reação do público em relação ao álbum ?

Cara, às vezes a gente se assusta com a receptividade das pessoas com o trabalho. Tem gente de São Paulo, Rio, Porto Alegre, que manda mensagens para o orkut, fotolog e fotolist e tipo, dizendo: “Poxa, gostei do som, quero comprar pelo correio e tal … e entra lá meu fotolog” e quando a gente entra o carinha lá postou a letra de uma música toda e a gente fica: “Carralho, olha só!!!” Mil cópias é um número bem grande que a gente mentalmente não consegue contabilizar mais o perfil do ouvinte, entende? Tem gente nova, adolescente, adulto… é muito bom essa pluralidade, pois cada um que chega tem uma opinião boa, ruim, enfim… fala, reclama, pergunta e, o mais importante, entende e quer respostas das coisas, atenção e etc. O público daqui da cidade é animal, sempre está antenado com as coisas, às vezes nos avisa de outras antes de nós sabermos, repassa os e-mails informativos…E agora a Carfax tem até um fã clube oficial que deve se chamar “Lado a Lado” e vai ter um site e tal, todo organizado por pessoas que ouviram o CD e disseram “vamos fazer o fã clube”, e ligaram pedindo fotos, informações e tal. Porra, isso não tem preço, maior satisfação!

Quais as expectativas para o show do Festival de Inverno de Garanhuns? O que vocês estão preparando para mostrar lá? A banda vai receber cachê ?

As expectativas são “ótimas”, pô eu toco há muito tempo, vim de outras bandas e tal e tem palcos que eu e todos sempre quiseram tocar. E o do FIG é um deles! Porra, o show vai ser baseado no show de sábado agora (18/06), pois à partir deste show a Carfax vai padronizar as apresentações de acordo com o tempo de apresentação e tal, mas usar a premissa adotada no show de lançamento do CD. Então vai rolar tudo que a galera comumente não vê num show mais descompromissado nosso. E sim, vamos receber cachê, beleza. Dizem que ano passado era maior o valor pago e tal e “prow” e “pá”, mas meu irmão, do jeito que estão as coisas, vai por mim, “Pior é nada!”. Às vezes as pessoas reclamam de barriga cheia! Tocar no FIG, ter uma maior visibilidade com a mídia, público e etc é extremamente válido! A partir disso, é pegar a oportunidade e fazer ela render mais pro artista. E correr atrás!

Costumo dizer que é difícil classificar o estilo do Carfax, devido a variedade de influências e estilos que a banda usa. Como vocês definiriam o som do grupo ?

Rock n´ roll!!! Cara, a base da banda é essa, é só ver as influências “Roots” de todos. É do rock brazuca até o americano. E com a idade e a maturidade a gente aprendeu também que música brasileira é muito rock, em qualquer uma das vertentes sonoras. E a gente tenta aliar toda essa gama de sons e fazer o som “Carfax”. Eu acho muito ruim (às vezes) você pegar um disco que tem uma música do caralho e tu vai ouvir o resto do disco e é todo igual àquela “música do caralho” do início. Hoje em dia tem muito disso, salvo raras obras, é “Phoda” (com PH mesmo!). Quando eu tava na minha adolescência tinha Virna Lisi (de B.H.), Smashing Pumpkins, que eram quase inclassificáveis e eram totalmente contemporâneos. E são até hoje. Ben Harper hoje é um destes exemplos também. Esses sons são extremamente “elásticos”, porém firmes quando você assimila a raíz da coisa… Sei lá, eu acho e gosto desta possibilidade de se fazer um soul e ao mesmo tempo poder ter uma canção pesada e etc.

Como vocês analisam a cena rock hoje em Pernambuco. Como a banda avalia o fechamento da Rádio Cidade ?

Eu acho que a cena de Pernambuco hoje é uma das melhores em muitos anos! Acabou aquela coisa que eu disse acima sobre discos, com as bandas que eram essa “clonagem” de sons. Tinha uma época que 90% das bandas aqui tinham que ter uma alfaia… Umas duas ou cinco, beleza, mas quase todas, dá licença! Teve a época das bandas de peso… Quase todas de novo usavam afinação baixa, levada mais “Funk” e “Peso”. E agora? Cadê? Saca? A cena hoje tem samba ( e olhe que também já tem neguinho que tá se aproveitando dessa onda também!), hip hop, rockabilly, rock ´n roll, soul, funk, mangue…tem tudo, véio! E justo agora que o som tá mais amadurecido, que as atitudes estão renovadas, que o público tá consumindo muito mais… a Rádio Cidade fechou as portas! Porra, isso foi um baque muito forte. A única rádio que dava vazão a produção local morre…E como fica a “Produção local” agora? Eu acho que fica mais forte e tenta aprender com os erros das últimas gerações. A música tem de ser levada ao público para ele se identificar com ela e seguir essa música para onde ela for! Parado não rola. Tem que cair na rua, na boca do povo, e se fazer ouvir! A “Cidade” se foi mas a internet existe, o “Som da Sopa” existe, o RecifeRock e as bandas existem. Só falta organizar de algum jeito uma nova forma radiofônica que leve as ondas sonoras da terra para as pessoas. Era a hora de se fazer algo novo e eu acho que o fim da Rádio Cidade pode trazer muita energia renovada pro próximo quesito “Rádio” no Estado. Tem que ter uma saída e ela aparecerá! Mão “nas massas”!!!

Que canais de divulgação a banda costuma usar, já que não temos mais uma rádio que toque as bandas de Pernambuco ?

Muito usada, por nós da Carfax, é a tal da “internet”! O poder dela é Phoda: orkut, fotolog, sites, e etc. São nossa forma mais forte de divulgação. O site da Carfax registra mais de 5.000 downloads de nossas músicas. O boca a boca também é muito forte e a gente vai fazer uma espécie de “delivery Carfax”. Dependendo da área, a gente vai entregar na sua casa o CD. Em breve vai entrar no ar a tabela de preços para todos os Estados brasileiros via correio!

É isso! Se quiserem acrescentar algo, o espaço é de vocês.

Primeiro queria agradecer o site por toda atenção dada a nós desde o início. Queria dizer também que o CD “O gosto antigo da novidade” está sendo vendido na “Gramofone”, “Livraria Cultura”, “Oficina da Música”, “Disco de Ouro”, “Arena Eletro Music” e pelo site oficial da carfax, www.carfax.com.br. E que nosso e-mail para contatos é carfaxbanda@yahoo.com.br ou carfax@carfax.com.br. E que a festa de lançamento será no Teatro Maurício de Nassau, a partir das 22h. E que o CD e a Camisa da Carfax estarão com preço bem abaixo do normal. Então, quem quer o CD e ainda não tem é uma ótima oportunidade de adquirir lá!!! E compareçam sábado, vai ser Rock pra caralho. E depois desta, só no FIG dia 14/07, beleza? Paz & Fé!!!

Serviço:

Carfax – Lançamento do Cd

Sábado (18/06/2005) 23h

Local: Teatro Maurício de Nassau (Recife Antigo)

Preço: R$ 5,00 – Info: 9633.7217 ou carfax.com.br

Carfax e os participações de Bruno Souto (Volver), Bárbara Jones (Rádio de Outono), Fred Andrade, PG e Dj Gordox

Carfax (foto de divulgação)

Links:
» Carfax no RecifeRock

——–

%d blogueiros gostam disto: