Terceira Edição Fala Sobre Show de Lançamento do Site

Terceira Edição (foto de divulgação)

em 17/06/2005 por Hugo Montarroyos

A banda Terceira Edição faz hoje, no Teatro Maurício de Nassau, o show de lançamento do site da banda. Conversei por e-mail com o guitarrista Victor Cahú, que falou, além da apresentação de hoje, sobre a experiência de ter tocado no “Coca-Cola Vibe Zone” e sobre os meios de divulgação que a Terceira Edição utiliza para se comunicar com seu público.

Como será o show de lançamento do site da Terceira Edição? Será todo focado no repertório de “O show da vida ideal”?

Sim, o repertório será essencialmente em cima do CD, mas com algumas surpresas, inclusive uma música nova, que a gente fez em parceria com o guitarrista João Marquee, para o disco solo dele. Mas no geral a expectativa para o show é a melhor possível, tendo em vista que IUPI é uma banda massa, e também que já faz mais de um ano que a gente não faz um show aberto para o público num final de semana aqui em Recife e eu sei como é complicado para turma sair de casa para um show de rock durante a semana.

Fale um pouco sobre o site de vocês. O que ele oferece?

Basicamente a proposta do site é oferecer todas a ferramentas para que quem conheça a Terceira Edição fique por dentro das novidades, e quem não conheça venha a conhecer, com história da banda, todas as nossas músicas (do CD e lados B) disponíveis para download, letras, videoclipes e vídeo de shows, fotos, agenda… Além de um blog com constante atualização sempre informando o que tem rolado com a gente. E é claro que eu não poderia deixar de informar o nosso endereço, que é o www.terceiraedicao.com.br , e está sendo produzido por Erick Levay, que também foi responsável pela arte do nosso disco.

Qual foi a tiragem do CD? Como vocês têm sentido a recepção deste trabalho junto ao público?

A recepção têm sido a melhor possível, muito além do que a gente esperava, e o mais bacana é que a gente esta conseguindo agradar os mais diversos públicos, desde a turma de nossa faixa etária até os mais velhos e também conseguindo espaço com a turma mais nova, o que é muito compensador pra gente, já que desde o começo a gente nunca quis fazer um som para um público específico. E desde o lançamento do disco, em janeiro, até hoje já estamos com uma tiragem de 800 cópias vendidas rodando por ai…

Como foi a experiência do Coca-cola Vibe Zone? Valeu a pena?

Velho, foi Sensacional! Uma experiência totalmente nova para a banda, que foi boa do começo ao fim. Já começou bem pelo fato que foram selecionadas apenas 3 bandas de todo o Brasil, e a nossa foi a única banda escolhida fora do eixo Rio-São Paulo. Ai vem o lance de que a festa tinha uma produção fantástica e uma puta estrutura de som, sem falar que a gente conseguiu ter uma resposta muito boa não só do público, mas também dos organizadores. Além de tudo, foi uma ótima oportunidade para divulgação a gente ter por lá, que como já se sabe, é o destino de qualquer banda que queira progredir nessa vida, e com a gente não poderia ser diferente.

Como você analisa a cena rock hoje em Pernambuco? O que significou para a banda o fechamento da Rádio Cidade? Quais os caminhos que a banda têm tomado para divulgar o trabalho, além do site?

Na minha opinião a atual cena pernambucana se encontra na melhor fase de muitos anos, com muitas bandas tendo oportunidade de gravar seu material com muita qualidade, sem dever nada a ninguém. Eu acredito que, finalmente, Recife se encontra muito próxima de perder esse estigma nacional de terra do “Mangue” mostrando que tem qualidade pra produzir todo tipo de som. Mas realmente é foda assistir no ápice dessa produção musical um dos nossos principais meios de divulgação local, que era a Rádio Cidade, terminar assim, complicando porém não fechando as portas, pois ainda existem ainda outros programas de rádios como o “Gréia”, e o “Colher de chᔠtransamérica, além de rádios comunitárias, e programas TV, como o Sopa Diário, sem falar em sites como o de vocês, que realmente se esforçam para manter a cena estimulada, e é assim que a gente procurar trabalhar para divulgar o nosso som, trabalhando na política do faça você mesmo, sem nunca se acomodar.

É isso! Se quiser acrescentar algo o espaço é seu.

Bem, é isso mesmo… Só queria agradecer pelo espaço e dizer que espero ver todos vocês hoje no Teatro Maurício de Nassau a partir das 22h! VALEU!

Serviço:

Lançamento do site da Terceira Edição

Sexta (17/06/2005) 22h

Local: Teatro Maurício de Nassau (Recife Antigo)

Preço: R$ 7,00 – Info: 9921.9311

Terceira Edição, Iupi e Djs Leo D e William P

Terceira Edição (foto de divulgação)

Links:
» Terceira Edição no RecifeRock
» Iupi no RecifeRock

——–

Posted sexta-feira, junho 17th, 2005 under Notícias.

Comments are closed.