Dez Anos sem Chico Science

Acho meio piegas essas coisas de homenagens por conta de “datas redondas”. Entretanto, não dá para fechar os olhos diante dos dez anos da morte de Chico. Ao invés de falar da sua obra, prefiro contar um caso pessoal. Em 1995, Chico Science foi vizinho de minha prima em um pequeno prédio no Espinheiro. No dia em que ela voltou do hospital após dar a luz a minha prima (hoje com onze anos), a mãe da criança, sem conseguir andar direito, se apoiava nos braços do marido. Chico, que também voltava da rua, não pensou duas vezes, e fez o que as pouco mais de sete pessoas presentes não ousaram fazer: carregou-a nos braços até o apartamento dela. É um episódio bobo, quase insignificante, mas que acho que diz muito sobre a personalidade de Chico.

Outra curiosidade: ele não tinha geladeira em casa, e vivia pedindo para minha prima colocar galinhas e carnes ma geladeira dela, até o dia em que dava na telha dele comê-los.

Enfim, era um sujeito deveras malungo…

Posted sexta-feira, fevereiro 2nd, 2007 under Notícias.

2 comments

  1. CHICO É ARTE, MÚSICA, FILOSOFIA, ESCUTANDO CHICO EU CONSIGO IMAGINAR ALTAS VIAGENS, TRASMITIR UMA FORÇA PARA TRABALHAR,PENSAR, RELAXAR,FLUTUAR… É UMA CULTURA PARALELA INSIDINO EM MEIOS INTERNOS À EXTERNOS, ALTERANDO IDÉIAS INERTES…CHICO É QUALIDADE CONTÍNUA…

    É POR ISSO QUE ELE FEZ SURGIR A MINHA BANDA(C.A.O.S.) COMO MILHARES DE OUTRAS.

    E SÓ VEJO PESSOAS NA TV DANDO UMA DE INOVADOR, SENDO NA VERDADE SÓ UMA IMITAÇÃO DAS IDÉIAS SCIENCIANAS.

    ROCK É ROCHA, ATITUDE, FRIA, ROLANDO… QUEBRANDO AS PAREDES DA IGNORÂNCIA…

    ATTE. KALLOKA DE AFOGADOS DA INGAZEIRA-PE, VALEU!!

  2. marcos de camaragibe says:

    massa o coméntario sobre uma das eternos gênios pernambucanos,gênio não pelo que deixou mas pelo que foi e representa para aqueles que entendiam quem de fato e representava chico pra pernambuco.vocês estão de parabêns pela matéria .um grande abraço