Divulgue no Abril pro Rock – uma alternativa

Por Bruno Nogueira em 9 de março de 2007

Aproveitando as ótimas dicas que Hugo postou logo abaixo, eu decidi apresentar uma alternativa.

Não grave discos. Não estamos mais nos anos 90.

Grave músicas. E perca todo o dinheiro que você investiriam prensando (ou queimando em CD+R) em coisas paralelas. Monte um site bacana, imprima adesivos e cartões de visitas com o endereço desse site, coloque sua música no MySpace, no Trama Virtual, no Virb e no Pure Volume.

“Você está louco?”. Pense bem, todas as últimas bandas que se deram bem de alguma forma – Cansei de Ser Sexy, Moptop, Bonde do Rolê e, porque não, o The Playboys – não tem disco pronto. Todos chamaram atenção na Internet mesmo.

Disco a gente lança quando tem um público formado para comprar ele. Não adianta entrar numa prateleira enorme, cheia de outras opções, porque são raras pessoas que compram disco de uma banda desconhecida. Mais raras ainda de bandas locais desconhecidas. Aliás, alguém compra disco ainda?

8 de cada 10 discos de bandas pequenas recebidos por jornalistas acabam indo para o lixo

10 de cada 10 matérias publicadas sobre bandas locais em jornais só serviram para prestar conta ao patrocinador do disco

Seja certeiro. Um site ou blog tem muito mais chances de falar de sua banda – afinal, eles tem espaço livre – que uma mídia tradicional. Que banda nova você ficou conhecendo porque leu a Folha de São Paulo, o Jornal do Commercio ou até mesmo a revista Bizz? Se vai entregar um material, mande para quem vai multiplicar o que tem ali. Se você fizer apenas 10 cópias, prefira oTrama Virtual ou o RecifeRock que a Folha. É onde seu público está lendo sobre novidades.

Mais importante, entregue para um cara de banda que você acha que faz um som parecido com o seu. Ele é seu maior aliado.

10 Comments

  1. Posted 10 de março de 2007 at 10h53 | Permalink

    Na dúvida, siga os meus conselhos e os de Bruno :)
    Mas ele tem razão: sites têm mais espaço para falar dos independentes e conta com leiores segmentados, gente que vive disso.

  2. Posted 11 de março de 2007 at 21h12 | Permalink

    Queria ver Terceira Edição no Abril pro Rock!
    =]

  3. Diego
    Posted 12 de março de 2007 at 14h55 | Permalink

    Normalmente essa galera de bandas mais rodadas independentes ou nao, tem selo/gravadora ou alguma coisa do tipo, deixar na mao de bandas do estilo da sua é sempre legal!

    :D

  4. Posted 12 de março de 2007 at 15h32 | Permalink

    CADÊ A MENSAGEM QUE EU DEIXEI AQUI??????????????????????????????????????
    O GATO COMEU FOI???????????????????

  5. Guilherme Moura
    Posted 12 de março de 2007 at 20h30 | Permalink

    Banda Liberdade Vigiada,
    Spams e mensagem apenas em maiúsculas = Delete.
    Senão vira uma zona.

  6. guilherme
    Posted 14 de março de 2007 at 11h43 | Permalink

    [12/03] Rádio de Lisboa busca bandas brasileiras pra incluir na programação de Portugal
    12 de março de 2007
    A rádio Ultra FM, de Portugal, está procurando material de bandas brasileiras para divulgar na cena metálica lusitana.

    Sediada em Lisboa, a rádio tem dois programas específicos que buscam material de bandas brasileiras de rock, metal e alternativo: Cuidado Com O Cão (toda sexta-feira, às 22h) e Rock In Brasil (todo sábado às 21h e todo domingo às 14h).

    SE mexam

  7. danylo
    Posted 15 de março de 2007 at 0h50 | Permalink

    hipoctras!!

  8. Leticia
    Posted 15 de março de 2007 at 1h12 | Permalink

    o RECIFE ROCK? o RECIFE ROCK?
    O que vocês tem na cabeça pra sair por ai dando dicas como essas para bandas independentes, se o seu site só serve pra pôr no alge as bandinhas de pop rock,emo e de modinhas?
    Não sei de onde vocês tiram a ideia do “façam myspace,blog,do que se esforçar num cd” e “8 entre 10 cds entregados a jornalistas vão pro lixo”?
    As formas alternativas vão continuar a serem descartadas,assim como os cds que iam pro lixo.É querer iludir os seus visitantes colocando exemplo de bandas que deram certo,como:
    “Cansei de Ser Sexy, Moptop, Bonde do Rolê e, porque não,o The Playboys”,as 3 primeiras são do sul com influencia dos meios de comunicação e a the playboys, como o mesmo nome diz,certa vez alugaram um estande no abril…como uma banda independente sem um puto no bolso poderia peitar essas porcarias?
    O problema é que vocês(de maneira geral) exaltam o que vem de fora,os que já tem apoio e se esquecem que o abril pro rock é um festival recifense,um dos poucos que ainda restaram numa cidade carente de rock.
    Eu digo o contrário pra quem queira divulgar os seus cds no festival da panela..
    Não gastem grana em cds e tempo em divulgação pra esses festivais de panelas!
    Crie seu próprio espaço de shows e renegue sites que tentam te dizer uma formula de você conseguir alguma coisa,uma conversa fiada,num lugar onde o jogo acontece por debaixo dos panos..

  9. Bill
    Posted 15 de março de 2007 at 1h22 | Permalink

    É isso ai! E muita grana em jogo como sempre!

  10. danylo
    Posted 15 de março de 2007 at 1h37 | Permalink

    é isso ai! os movimentos de bandas independentes vem crescendo, de um modo roxedo, tocando em ruas e reunindo a galera pra fazer seu proprio negocio.
    voces nunca ajudaram ou lutaram para que realmente bandas daqui de recife tenham um espaço maior, uma valorizaçao.
    as bandas nao precisam desses festivais onde fresno toca.
    esperem, e aguardem, que realmente as bandas fodas, e independentes um dia apareceram para mostrar que nada disso explicado ai vale a pena.
    as bandas que irao tocar no dia pesado, so duas daqui!
    e fidyy ta mais pra circo do que pra festival de rock. ahh, aqueles caras do microfonia.?!!!

%d blogueiros gostam disto: