Sábado Mangue: Baque Makossa e Carfax

O Gosto Novo da Novidade

Carfax no Sábado Mangue

A chuva deu trégua e o povo apareceu. Depois de alguns fins-de-semana sem muito movimento na noite recifense, o Sábado Mangue no Pátio de São Pedro fez todo mundo se reencontrar pra ouvir rock’n’roll. E eu não estou falando da primeira banda da noite, Baque Makossa.

Cheguei na metade desse show. Já tinha ouvido uma ou outra música da banda, mas nunca tinha ouvido ao vivo. O som é aquele mais-que-batido samba-rock que fez muito sucesso há uns anos atrás, mas que já deu tudo o que tinha que dar. Os músicos, todos aparentemente bem alimentados, cantam que “o preço do feijão não cabe na música”. E eu fiquei pensando que era a essa música que não cabia (mais) em lugar nenhum. Ouvi um pouco, mas depois não me dei ao trabalho de ficar atenta ao show, pois foi muito previsível. O som tem influências do mangue, da cultura popular e toda a herança que Chico Science deixou quando se foi. Só que, como minha mãe sempre diz, “se você ganha, não dá valor: você deve conquistar”. Eles querem inovar, mas não vão conseguir enquanto fizerem o que muita gente já fez (melhor) antes.

Apesar disso, teve gente que estava lá pra se divertir e, quem não tinha problema com samba-rock, assim o fez. O show foi longo e quando se pensava que tinha acabado, voltou.

Só perto de meia-noite a Carfax subiu ao palco. O show foi dividido em três partes e a primeira tratava do CD O Gosta Antigo da Novidade. Ou seja, começaram com a seqüência Aqui, Ali ou Em Qualquer Lugar, Retalhos e Ainda Queima” pra levantar as mais de 300 pessoas no Pátio. Tendo os fãs mais fiéis dentre as bandas de rock do Recife, foi o momento da Carfax ouvir letras cantadas em coro.

Apesar de ter um público poucas vezes visto num Sábado Mangue comum, a dança não foi o ponto alto do pessoal. Principalmente na segunda parte, com a participação da Orquestra Biscoito Recheado (naipe de metais incorporado à banda para projeto 100 Anos de Frevo, mas que acabou extendendo os vínculos) na qual a Carfax mostrou um lado obscuro. Afinal, se o rock sempre foi considerado um filho bastardo da música, o que é o frevo para um roqueiro? O resultado foi ótimo, por que desconcertou o público (de uma maneira boa) e ainda deu pra homenagear as mães presentes (era véspera de dia das mães) com um frevo-canção.

Na terceira parte, as músicas novas. Antes do show eu encontrei a vocalista Iana e a primeira coisa que ela disse foi “estou tão ansiosa para ver a reação das pessoas nas músicas novas”. Em geral, uma banda cria, ensaia, ensaia, ensaia, apresenta e fica na expectativa da resposta. No caso do Carfax, aposto que Iana não se desapontou. Dos caminhos que a banda percorreu no primeiro CD, eles escolheram o que eu considero o mais legal para explorar e seguir adiante: um grunge de bater cabeça com letras abstratas, porém palpáveis. Não deixaram passar em branco a experiência com o frevo e incluíram um trompete numa das músicas. A banda estava tão empolgada que foi notável a dedicação que dispuseram na construção desta nova fase, bem mais madura e sem preconceitos. Ouvi dizer que a qualidade do som não estava das melhores, mas eu nem notei por que o show foi tão legal que me distraiu. Assim como a maioria do público, que ouviu com atenção e aplaudiu com vigor ao final de cada música. Foi, com certeza, o melhor show da Carfax que já vi.

Fotos do Carfax no Sábado Mangue:

Set list da Carfax:
Aqui, Ali ou Em Qualquer Lugar
Retalhos
Ainda Queima
Alegoria
Pega Ladrão
Corpo Fechado (Participação da Orquestra Biscoito Recheado)
Voltei Recife (Participação da Orquestra Biscoito Recheado)
Lili… (Participação da Orquestra Biscoito Recheado)
Ieh Ieh Ieh!!! (música nova)
O Triste (música nova)
Nitro (música nova)

CARFAX NO SÁBADO MANGUE
data: 05/05/2007 (Sábado) – local: Pátio de São Pedro
com as bandas Carfax e Baque Makossa
Resenha por Sofia Egito (palco 1)
Fotos (ruins) por Guilherme Moura

Cotação: 4/5 (bom)

Posted terça-feira, maio 15th, 2007 under Coberturas.

33 comments

  1. Andre Intruso says:

    A Má Educaçao

    A má educação
    Enveredou para o mal
    Agora quase tudo
    Que se ouve é banal

    Deram a guitarra certa
    Nas maos erradas
    E fizeram do rock
    Essa grande piada

    Entao cade o rock and roll??
    Eles camuflaram o rock and roll
    Pro salao de beleza com o rock and roll
    Colocaram trancinhas no rock and roll!

    E minha cabeça doi
    Meu Deus sera um sinal
    Sera uma mania uma perseguiçao
    Porque meu Deus do ceu

    Eu juro nunca pensei
    Que a guitarra um dia
    Fosse
    Usada pro mal…

    Entao cade….

  2. Foi muito bom o show, o trio de metais, o trompete com “aquele filtro” lá que não sei o nome, e as músicas novas estão muito boas. Espero um grande disco. Parabéns para o Carfax!

  3. acho que o show do chambaril na torre malakof foi melhor

  4. André Soares says:

    Sem querer ofender a Baque Makossa, mas as pessoas precisam saber a hora certa pra cada coisa. E digo com toda certeza que seu tempo já passou.

  5. e se eu fossse vc says:

    é bem legal o som da carfax admiro por demais, agora para colocar uma banda clichê de abertura não rola ou foi a grande jogada da banda? pensem direitinho?! se você abre com uma banda ruim e logo após entra uma que já tem nome, concerteza a outra será “aniquilada”
    principelmente por criticos não é lindinha sophia?

    ás vezes é bom ter um olhar mais clinico e não só critico.todo show de lançamento fala sempre outra coisa,entende?!
    beijão sophia!
    ah! finha eu ti vi esse final de semana tu tá linda meia gordinha,mas linda!
    ;)

  6. Manuca(RELLES) says:

    É sempre maravilhoso poder assistir a um show da carfax não apenas pela enpolgação dos fãs…mas pela diversidade e desinteresse por rótulos da banda que afeta certos comentários bitolados e invejosos de alguns músicos acima…O Carfax não pecisa nem de resenha pois,sua música não tem precedentes aqui em Recife, sendo assim tornasse até desnecessário dizer…o óbvio: Eles se superam a cada dia!

  7. Andre Intruso says:

    Quando acabar o maluco sou eu !

  8. Carfax esta além!
    Sabe o que faz e sabe fazer.
    Parabéns pelo show e pela música nova! Foda!

  9. Caros,

    Vocês mais me parecem uma coletiva de estilistas do que um grupo de admiradores de música. A música é livre; não existe “hora certa”, não existe isso de “o seu tempo já passou”. Pra mim o tempo do hardcore já passou e o do pagode estilizado nunca existiu – mas isso nada mais é do que uma opinião pessoal, equivalente a dizer “eu gosto de jazz” ou “odeio música clássica”..

  10. Para todos…

    Galerinha… boto minha cara a tapa aqui, simplesmente por não ter nada a esconder sobre minha opinião…
    Aos que acharam que colocamos uma bandinha ruim na abertura para nos evidenciarmos…Concordo com Guiminha… a música deve ter e tem a liberdade de ser livre!
    cada um curte o que admira mais…
    E digo com orgulho…Gosto da Baque Makossa sim… e como sempre tentamos inserir bandas que não tem essa abertura toda dentro do circuito. Essa vez foi a vez da Baque… se ela tem ou não futuro com o som que faz ..isso é ouuutra estória que eles mesmos vão trilhar!
    Com relação ao que Sophia disse… é a opinião dela…e como uma pessoa crítica que é…ela tem todo o direito e competência para tanto! Respeitem!
    Não se dê-em ao trabalho de nos ofender, nem criticar nosso som…pois fazemos com muito amor… e isso não interfere, nem na nossa continuidade, nem no nosso respeito pelas outras bandas de Recife.
    Enquanto todos estiverem preocupados em colocar pra baixo o merecimento (justo ou não) de alguns, nós (falo todos) nunca cresceremos…

    Fiquei e fico muito feliz com os resultados… desse show em questão e tb em nosso trabalho como um todo…

    Só mais um recadinho do coração:::

    Quem não gosta de determinado tipo de som ou estilo, ou vertente, ou sei lá o que p@#$% seja… procura algo que te ilumine a alma… não perca tempo com coisas que não te dizem nada ou te decepcionam… pq as palavra só conseguem entrar na mente e alma de alguém, se esta, estiver aberta pra isso!
    Obrigada… demais…à todos que estiveram lá!
    ^^

  11. Disse tudo Iana.

    E o show foi ótimo, é sempre bom curti a noite com vocês!

  12. Acho interessante como certas pessoas colocam suas opiniões e as tem como se fossem uma verdade. Definir limites de tempo para determinados estilos musicais, isso é muita autoridade, não? E qual o tempo de Vinícius de Moraes? Perguntem a Dibontom… E qual o tempo de Chico Buarque? Perguntem a Seu Chico, e a tantos outros… E se quiser saber o tempo da música boa produzida aqui em Recife, perguntem ao Eddie, ao Bonsucesso, ao Mundo Livre, à Nação Zumbi, à Rádio de Outono, à Carfax… E perguntem também à Baque Makossa, que fez um show tão bacana e que mentes pequenas não puderam suportar…

    Aquela história, tem dois ouvidos, e uma boca… Ouve mais e fala menos…

  13. Andre Intruso says:

    Iana

    Vai ai mais um recadinho do coraçao:

    Legal colocar bandas que nao tem tanta abertura dentro do citado circuito, e, sendo assim, voces poderiam chamar os Intrusos para abri um show !
    Nos agradeceriamos muito, afinal, falta de espaço é o que nao nos falta!

  14. Foda é a prefeitura bancar show dessa bandas clones de merda. Aquela bandinha merda de abertura deve ter levado uns 600.
    Como sugeriu a menina, deveriam ter colocado Seu Chico ou outra banda cover menos ruim.

  15. Rafael Nogueira says:

    Massa é que pra falar merda, neguinho num instante abre a boca. Provavelmente metade dos que estão comentando nem viram o show e estão indo apenas pelas palavras de Sofia. Como lana disse, é a opinião dela e priu.

    A baque é uma banda massa. Os caras tem vontade pra caralho, e tão aí pra quebrar a cara mesmo. Pelo o que conheço da banda, existe uma busca de identidade musical. Não existe isso de “o tempo já passou”. Isso é cabeça modista que só ouve merdinha modernosa reinventada. É deixar os caras se acharem, e não fazer o contrário, tentando rebaixar a banda.

  16. Josias Prego says:

    o show foi maravilhoso!
    só faltou lado a lado que é a minha predileta! mas tudo bem!
    sem problemas!
    no próximo rola!

  17. sobre o show da Carfax,ñ precisa falar nada que o som falar por sí só e a qualidade é indiscutível.
    Sobre a Baque Makossa,pra mim o show foi bem bacana e se vc for pensar que o som remete à algum estilo por alguns tido como “falido” eu quera saber quem é que hoje faz algo totalmente novo?
    que banda?onde?tudo é recriado,é feito em cima de algo que alguém um dia pensou e botou em prática.
    isso,no entanto,impede que o “novo” seja bom,tanto quanto o antigo?

    é o gosto antigo da novidade,pessoal!

  18. Iana e Pompi não se preocupem com esses comentários sem sentido porque qual a melhor banda de Rock atual do Recife? CARFAX com certeza! O importante é que falem bem ou mal mas falem ! o que é de vocês está guardado e ainda mais sucesso está por vir. Há quem ame vocês e também quem não goste mas, é só despeito por não está no lugar de vcs. Boa Sorte e continuem a Luta!!! :P

  19. quem dá recado é pombo…rsrsrs

    carfax, vcs sabem que são bons..e são mesmo!!, façam o que sabem fazer de melhor,música boa e shows como o de sábado…muito massa.!!!

    o som de vcs falam por si só, aqui ali ou em qualquer lugar….

    tudo de bom para vcs!

  20. O show do carfax foi perfeitamente perfeito apesar d ter perdido o comecinho!!! a banda de abertura eu n v!!!!!

    IANA

    Gostei da resposta vc é uma pessoa iluminada continue assim é se divirta e divirta seus fãs com o CARFAX banda do caralho cada vez mais gosto da banda e esses sons novos porra ta massa tem uma pegada grunge que é perfeita!!!!!

    RECIFE ROCK

    Mais uma vez um texto nada jornalistico com opiniões pessoais sem descrever direito o que aconteceu naquela noite!!!!!!!!

  21. Mermão… hehehehehehehehehehehe!!!
    Tem uma galera que é uma viagem…hahahahaha!!!
    Paz e fé… e Rrrrrock “pra todos”!!!

  22. Sofia Egito says:

    hahahaha.

  23. bixo!!! o carfax nem precisa comentar….fodasoooooo!!!!aqui ali ou em qualquer lugar!!!!

  24. nem presisa disser nada CARFAX é d+. apessar de nunca ter ido em um show. mas se CARFAX nao vem em CARPINA eu vou ate CARFAX, em breve. valeu!

  25. Não posso comentar nada sobre o show, pois foi um dos poucos que deixei de ir, acho até que sobrariam dedos…
    Vou engrossar o côro: A Carfax é uma das poucas, se não for a única que faz de tudo pra por os amigos pra abrirem em eventos considerados “médios” ou “grandes” e não há qualquer restrinção musical ou origem.

    Do set list só não conheço “O Triste”, fica para a próxima… No mais Go Carfax go!

    Abraços!

    PS: Não gosto de samba-rock.

  26. Som.do.Eco says:

    Som.do.Eco abriria na boa os shows do CARFAX

    http://www.youtube.com/somdoeco

  27. Marquinhos says:

    eu acho o novo baixista da carfax lindo

  28. Isso rendeu hein ^^
    Críticas ( boas ou rins ) estão são sempre bem vindas , verdade, mas quando são bem desenvolvidas.
    Recife ainda anda com a cabeça meio fechada pro ” não tão comum assim”.

    Existem bandas que só tão de ” olho no seu ”
    E na porta aberta da Carfax , meus caros , sempre cabe mas um.
    A oportunidade é uma só …
    É como um saco de feijão ,
    Mas quantos grãos cabem dentro dele?

    Não concordo com a opinião de alguns, mas sou obrigada a respeitar o que cada um acha.
    Fica a dica para as mentes pequenas.

  29. Quem é esse tal de Andre dos Inrusos? Esse otário fala de todo mundo, cheio de opiniõs mas musica que é bom essa mala não faz! Passa o tempo todo se oferecendo para tocar e ninguem chama esse bosta! Se liga Andre, tu é a mala 2007 de Pernambuco!

  30. Andre Intruso says:

    Ferlan!

    Voce esta muuit0 mal informado(a).
    E nao esperamos ninguem chamar a gente, a gente vai atras dos nossos shows, assim como ocorreu no rec antigo, dia 02 passado.
    Engraçado que o Beto Kaiser nos convidou pra tocar junto com ele, e creio que Beto kaiser não e considerado “ninguem”.
    E pra qualquer duvida sobre fazer musica ou nao…vai ai o link..

    http://www.bandasdegaragem.com.br/intrusos

    http://www.purevolume.com/intrusos

  31. Bom, Infelizmente não pude ir ao show, mas tenho certeza que foi ducaralho,
    conhecendo bem a competência e a instigação que Pompi, Iana, Beto e cia tocam as músicas e fazem com que cada show seja único.
    E galera, a música é livre e tem que continuar sendo.
    A Sophia está fazendo o papel dela de escrever um release crítico e não pode deixar de colocar a opinião pessoal dela no texto. Cabe a própria banda saber receber esse tipo de crítica também, nem só de elogios vivem as bandas, eu não conheco a Samba Makossa, mas tenho certeza que eles saberão melhor do que ninguém que tem que respeitar a opinião de alguém, sendo crítica positiva ou negativa.
    No mais, Carfax, continua sendo ducaralho e keep Rockin’

    Abração!

  32. Sofi,eh o seguinte:gosto e conheço a galera das duas bandas,entao eu acho q se fosse comentar seria parcial q nem vc,hauhauhauahuah
    saudades d sua pessoa!

    :***