Tapa na Orelha – Devoto dos Devotos

Devotos (foto de Michele Souza)

Parece mentira, mas os Devotos completam vinte anos de carreira em 2008. Alguém conhece outra banda pernambucana – fora o Mundo Livre – com tanto tempo de estrada? E no caso deles o buraco era – e ainda á – mais embaixo.
Tiveram de superar o preconceito em todas as suas formas: por serem de uma das áreas até então mais violentas da Região Metropolitana do Recife, por não serem “músicos” com formação acadêmica e, deixemos de ser hipócritas, pela aparência de Cannibal.

Gosto de contar essa história porque ela ilustra bem como Pernambuco ainda guarda alguns resquícios de subdesenvolvimento. Comprei o “Agora tá Valendo”, primeiro disco deles, em pleno Abril pro Rock de 1997, antes mesmo de ele ser distribuído nas lojas (14 reais, logo depois do show do Devotos). Passei a escutá-lo diariamente, pois já conhecia o repertório dos shows e achei fantástica a produção de Lúcio Maia. De tanto ouvir, minha mãe assimilou, e vez por outra ela se pegava cantando baixinho na fila dos bancos coisas como “o que está faltando, está faltando é hardcore…”

Corta para 1998. Minha mãe está na fila de um banco na Conde da Boa Vista. Eis que surge Cannibal, e soa o alarme da porta automática. Cannibal tira todos seus objetos de metal do bolso, mas o problema não era esse. O cinto dele, cheio de artefatos metálicos, era a bronca. O guarda foi ríspido: “tire o cinto!”. Cannibal foi óbvio em sua resposta: “se eu tirar o cinto, minha bermuda cai!”. E minha mãe, coitada, tentou ajudar. “Vocês não estão reconhecendo? Ele é um artista. É Cannibal, do Devotos do Ódio”. Ninguém conhecia. O guarda fez uma cara ainda mais feia, e Cannibal desistiu de tirar um extrato e atravessou puto a Conde da Boa Vista. Mas o pior ainda estava por vir. Minha mãe saiu do banco. Viu Cannibal do outro lado da avenida e gritou e fez sinal para que ele a esperasse. Tirou o primeiro papel que viu (um comprovante de uma coleção de livros de filosofia que eu ganhara de presente) da bolsa e disse: “por favor, você pode dar um autógrafo para meu filho?” Ele o fez com gentileza e educação. Terminada a operação, com minha mãe agradecendo e guardando o papel, eis que ela ouve um comentário de um dos passantes: “como é que uma senhora tão distinta pede autógrafo para um tipo desses?”. Ela ficou tão enojada que não conseguiu pensar em nada para responder, e preferiu não reagir.

Pouco tempo depois, o “tipo desses” era um dos orgulhos do governo de Pernambuco, recrutado como um dos artistas para rodar um comercial que exaltava as maravilhas e os talentos da terra, passando inclusive na Rede Globo, em horário nobre. Ficou tão conhecido e foi aceito de tal maneira pela sociedade pernambucana que até foi entrevistado no programa de TV do jornalista (jornalista?) João Alberto.

Olhando hoje, parece que foi fácil. Não foi. A primeira grande oportunidade só veio em 1994, quando abriram pro então promissor Raimundos, no Circo Maluco Beleza. Inesquecível a gigantesca roda-de-pogo comandada por eles. E inesquecível também o fato de eles irem a pé, carregando os próprios instrumenbtos, até o local do show. Não tinham grana para o ônibus. E chegavam até a ser discriminados nele…

O fato é que Fábio Massari viu um show deles e ficou chapado. Aliás, duplamente chapado quando soube que a banda era proveniente de um morro pernambucano. Até então, o senso-comum ditava que morro era lugar de traficante e de pagodeiro. A surpresa de Massari, justiça seja feita, era exclusivamente musical. Se esperava na época que um morro brasileiro produzisse bandas de pagode, brega, samba. Mas jamais uma de punk. Sem contar que Cannibal era a reedição mais agressiva de Clemente, dos Inocentes. Até então não existia um vocalista negro sequer no rock nacional, fora o já citado Clemente.

O primeiro disco, veja só, foi lançado depois de nove anos de carreira. Que banda esperaria tanto tempo para gravar hoje? Já teria desistido em seis meses.
Resolveram tirar o “do ódio” do nome, e aí neguinho mais xiita do que eu (é difícil encontrar, mas existe) não entendeu mais nada. O discurso era o seguinte: “vendidos. O produtor do segundo disco é Dado Villa-Lobos. Ficaram comerciais.” Nem vendidos e tampouco comercial. A banda era a mesma, a porrada continuava. Mas esbarraram no prconceito dos próprios fãs e no erro de estratégia da gravadora, que, sem planejamento adequado para eles, tratou a banda como mais um Só pra Contrariar da vida. Desde então a banda resolveu gravar seus próprios discos. Veio a ong Alto-Falante. O reconhecimento de todo o Brasil, e o exemplo de cidadania a ser seguido pelas periferias do país.

Enfim, três cidadãos que driblaram a criminalidade. Que pegaram em instrumentos ao invés de armas para fazer justiça social. Que continuam morando e trabalhando no Alto (fora Cello, que mora um pouco mais afastado hoje). Que vez ou outra ainda precisam driblar o preconceito por não serem menininhos bonitinhos.

Vou encerrar contando a história do histórico fora que Cannibal deu em Cissa Gumarães. A Globo resolveu cobrir nacionalmente a edição de 98 do Abril pro Rock. Em flash ao vivo para o Vídeo Show, Cissa resolveu entrevistar Cannibal, e começou com aquelas frescuras típicas do programa: “Ai gente, Cannibal e tal, será que ele morde?” E a resposta triunfante, em rede nacional, ao vivo: “Moerder eu não mordo, mas comer até que posso”. Fiquei ainda mais fã depois dessa. E mais fã ainda depois de ter o privilégio de conhecê-los pessoalmente. Pensa que a situação dos caras hoje é folgada? Eles conseguem tocar em todo o Brasil, menos em sua terra. Por que será? Talvez falte produtor profissional. Talvez falte local adequado. Meu palpite é que faltam as duas coisas aqui…

Parabéns aos Devotos. Poucas bandas no Brasil – e no mundo – conseguem completar duas décadas de carreira. Vocês merecem.

Posted quarta-feira, setembro 26th, 2007 under Tapa na Orelha.

23 comments

  1. Fábio Viana (O maggo) says:

    Descubri tá faltando, tá faltando é vergonha na cara de todos nós pernambucanos que ficamos aí, abrindo as pernas pros bestorol que a mídia faz de sucesso meteórico e que aparecem tão rapidamente quanto somem.
    É uma vergonha assistir enumeras bandas que aparecem sabe lá Deus da onde ganham projeção nacional, fazendo a cabeça de quem não tem, e chamam isso de sucesso. Desde da primeira edição do Rec Beat que Recife virou a capital nacional do que se faz de novo na musica nacional e isso foi é ainda hoje exportado para fora do país. Poucas bandas no senário estadual nacional consseguiram um feito desses. DEVOTOS (Devotos do Ódio) vem de uma saga de bandas que apareceram no senário da música pernambucana, com muita força de expressão. Me recordo que lá no Augusto Severo, escola em que eu estudei, agente ficava tocando violão nos enterválos das aulas e DEVOTOS (Devotos do Ódio)eram uma das bandas que agente adorava tocar por causa das nossas influêcias Hardcorianas. Hoje é dificil aceitar que bandas como a Devotos tenham ainda que batalhar hoje pra ter seus trabalhos divulgados em forma de CD’s. Se existisse um túnel do tempo eu faria uma viagem aos bons tempos da sena musical de Pernambuco e traria de volta todas as bandas (Caisara, Via Sat, Sheik Tosado, A Prole…) que esquecemos só pra fazer um pequeno feed back.
    Recife é berço de muita coisa boa só ta faltando que deixar-mos cair o preconceito.

    Salve! Salve! A Devotos. Parabens Cannibal pelo trabalho e pela força que vocês exerecem lá no Alto José do Pinho é do Caralho!

    Fodam-se os enlatados produto de mídia subversivas.

  2. Não podia deixar de fazer um comentário sobre a DEVOTOS. Quando comecei a curti rock, nunca pensei que em Recife pudesse surgir bandas que seriam ícones , que conseguiriam fazer músicas e um som atemporal e que eu conseguiria ser tão fã dessas bandas como sou de Black Sabbath, Sex Pistols, Led Zeppelin , Stooges , Ramones , Doors e por aí vai. E,pra minha surpresa, surge Chico Science e Nação Zumbi e eu piro no Maracatu-refuse-resist, e depois no punk rock hardcore da DEVOTOS. E quando se saca o que esses caras produzem fora o som, o exemplo, o tapa da cara que eles dão naqueles que acham que dali não sai nada, porra , tive que subi o morro pra olhar na cara dos caras e dizer que sou fã(incondicional) e que apoio o que os caras fazem,Shows no circo, no todos com a nota, no Acorda Povo, no PE no rock, no Abril por Rock …… enfim, onde essa banda estiver, o que eles lançarem de CD, tô na primeira fila, sem idolatria mas com um puta orgulho de ver que é possível e que ainda existem seres humanos que fazem essa porra valer a pena. Salve a DEVOTOS (DO ÓDIO)contra a mediocridade,conformidade e hipocrisia.

  3. ora
    nos somos os primeiros a meter o pau na nossa propria cena
    igual fazemos com nossos clubes
    nunca vamos no estádio apoiar, porém, sempre somos os mais criticos a falar mal e ser o melhor entendedor
    por isso que naõ temos uma cena estruturada]
    somo meros consumidodres de enlatdos de outros estados
    recentemente fui no show do food4life e os caras da banda ficaram se perguntando:
    recife é tão famosa lá em SP, tem devotos e coisae tal
    mas kd o publico daqui?
    detalhe deu só 30 pessoas e o show foi de gratis

    é por isso e por outras que eu nem discuto mais esse assunto sobre a cena

    abrax

  4. Não existe cena, nunca existiu, isso foi invenção da mídia e nem precisa existir. O que importa é que apareçam bandas boas ou que bandas antigas continuem criando e tocando seus bons e velhos clássicos , que te façam sair de casa pra ver um show de verdade. Agora, certamente, em Recife ninguém é tão burro a ponto de não saber distingir o que é modismo ou armação. Quando rolava os shows da chamada “cena” , a galera curtia de Hanagorik à Mestre Ambrósio por que as bandas eram boas, a música instigava. Hoje, é uma invasão de bandinhas meia-boca, tocando alto, no talo, mas totalmente pré-fabricada: mesmos vocais, mesma choradeira, mesmo visual “punk de shopping”, “rebelde de Playstation”. Mas como dizia o saudoso Kurt, de dez em dez anos aparece alguma coisa que valha a pena, então uma dia , quem sabe, outros moleques não vão detonar tudo pra valer. Enquanto isso, vou garimpar alguma coisa do Lula cortes nos buracos empoeirados e esquecidos do Recife.

  5. Devotos é muito foda, entrei na primeira roda punk da minha vida num show deles. Era algo maravilhoso! Vida longa pra eles!

  6. andré barbosa de barros says:

    não consigo achar erros ,nem exageros nem imaturidades
    ou algum tipo de displicência nas composições do devotos (em especial ,o cannibal),impressionante isso!
    é impressionante o grau de filtração dos seus 5 sentidos sua intuição e percepção das coisas como um todo-tendo em vista tbm sua história de vida- tenho profunda admiração por essa banda,e abaixo o racismo e morte a todos q cultivam isso,e pra terminar eu não quero saber quem morreu eu só quero é chorar,e, mas eu insito! mas eu insisto!quem disse que eu quero ganhar ,quem disse que eu tenho objetivo,
    quem disse que eu quero perder,ou um meio termo,foda-se você e o infinito,mas eu insisto pôrrrrrra!mas eu insisto.

  7. Eu vi também esse fora. O pior foi a cara da Cissa Guimarães sem saber o que se passava. hahahaha Ri muito na hora.

    O Devotos veio aqui a Natal ano passado para o Fetsival DoSol, não pude ir, era domingo, e quase todos elogiaram. Quase. Teve um cara aqui de Natal que nem citou a banda na cobertura. A verdade é que o show no Largo da Rua Chile foi o responsável por abrir uma das maiores rodas de pogo aqui em Natal.

  8. Andre Intruso says:

    ricardob , meu camarada…

    Concordo com voce! Daqui 10 anos vao entender os Intrusos! ehhhehhehhhh
    Falta muita verdade e sobra choradeira….Falta alma e instigaçao….o rock bom sempre foi pensante e pulsante. Hoje em dia é triste ver que so se fala de amor ou de besteirol. Letra é 50 por cento!
    Mas , repito, deram as guitarras certas nas maos erradas e fizeram do rock essa grande piada….

    Vamo q vamo!!! É puro prazer !

  9. faça vc mesmo!

    uma lição para os ativistas de internet! que com o cu na cadeira e o teclado na mão parecem verdadeiros revolucionários!!! cheios de teorias futeis, e na hora H na hora de botar pra fuder, NA VIDA REAL, se mostram os pau no cu que são!!vermes!

    da-lhes devotos!

  10. devotos é foda, agora realmente os primeiros 2 discos deles tem boas composições, mas não tem peso. acho fraquissima a produção, os timbres dos instrumentos. eles se garantiram qnd resolveram gravar em casa A Hora da Batalha. aí o hardcore comeu solto mesmo!! pegou na veia a vibe!!!
    Vida Longa!!

  11. Meu parabéns aos Devotos. Um exemplo de
    pessoas batalhadoras. Tão cagando e andando
    pro “produtores” e “casas de shows” que nunca
    apoiaram.

  12. voces tão malucos.Essa Devotos é uma boa merda, passa meses sem tocar e só toca quando Roge coloca eles em alguma maracutaia de governo!Essa matéria esta direcionada e voces cuidado com a inversão de valores. Nunca rer estudado musica e ser maloqueiro não garantem uma banda ser boa! Acho essa DEvotos uma boa bosta e por favor, que não venham os comunas nazistas me xingarem por eu não ser um cordeirinho das bandas chapa branca de Roge! Que porra de banda é essa que não toca em a]lugar nenhum, que não tem público e que so toca em realizações da prefeitura?Essa Canibal é feio, recalcado e muito reclamão. O som deles é uma merda. parem com desculpas esfarrapadas seus babacas!

  13. Caro Yan,
    Xingar outra pessoa por causa da sua opinião , colocada num site, realmente não tem nada a ver( a não ser se for para xingar o PE Music Festival ). O que é lamentável é que pessoas tenham uma visão de mundo tão mesquinha, rasteira e pobre como você( a verdadeira pobreza é a de espírito). Meu caro , a muito tempo descobrir que não é possível ficar escutando belos riffs,licks,solos e vocais grandiosos 24 horas por dias. Quando sai da minha caverna do Heavy Metal e do rock progressivo dos anos 70 vi(e ouvi) que o mundo musical se divide em apenas duas vertentes (BOA música e música Ruim,de baixa qualidade) e o mais incrível: Uma boa Música pode ter apenas 3 Acordes=RAMONES/ Pode ter infinitas notas (Blackmore/Rainbow/Dio),pode ter só riffs pesados e arrastados(Candlemass+Black Sabbath), pode ter Tambor de maracatu+Peso+Genialidade=Nação Zumbi, pode ter Rabeca+Zabumba+Alma=Mestre Ambrózio,Pode ser completamente epilético/Anárquico/de mau gosto/escroto e legal=Geladeira Metal. pode ter Mozart,Wagner,Villa-Lobos=Qualquer concerto de música clássica(aliás, tem uns “de graça” no Teatro Santa Isabel, onde você pode começar sua terapia em busca de alguma evolução.( mesmo assim, descobri que posso transitar por todo esse “universo” musical e curti tudo isso por que isso é “produção cultural de qualidade” Mas se esse não é seu caso(pior pra você). Pra entender o que os devotos representam, Leia todos os depoimentos novamente,reflita… reflita…e reflita de novo.
    P/Andre(intrusos):Não estou conseguindo escutar vocês???!! e não quero esperar 10 anos para ter uma nova banda para apoiar. Vamos à luta!!!! , bota essa banda pra tocar!!!, vai brigar com a prefeitura, cobrar integração e espaço em festivais.. se junta com outras, aluga um galpão … um bar, só com tomada/parede e um freezer c/cerveja. Recife precisa é de um ponto de referência: um lugar que tenha rock toda semana, uma cooperativa de bandas que se revessem nas apresentações, dividindo os custos , criando e atraindo um público(o que era a soparia antigamente). P.S:Não sou puxa saco, não conheço nem ganho nada do Roger(até acho ele meio escroto) mais que o cara revirou/e revira a cultura (infelizmente ainda underground) do Recife, há.. isso é inegável

  14. andré barbosa de barros says:

    pôrra yan!vc é triste…!seu nome não pode ser yan trentin ,seu nome é yan joselito,sem noção total,tu és uma decepção yan joselito,vc é a decepção yan joselito.ôôô, yan joselito,tu usa drogas,lícitas e/ou ilícitas,habitualmente ou esporadicamente? tu foi sodomizado quando criança,és orfão,foi criado por pais separados,afinal,do que se trata você,iyhan jgôzélito?

  15. meuy caro yan…pelo visto vc deve ser um prego….pois axo q vc so escuta bandas ruins e so da valor a bandas de fora e eskece que na sua terra tem bandas tão boas quantos as outras…..pow a banda DEVOTOS é o exemplo pra todos os musicos que tocam rock independente do estilo….aki em pernambuco não tem cena nenhuma, pois ninguem investe em porra nenhuma, sou representante de associação comunitaria e posso te dizer com extrema certeza isso…..existe o respeito pelo trabalho do artista e diversos outros valores….se vc enxergasse o mundo de uma maneira mais adulta vc veria que seu comentario foi muito infeliz….a BANDA DEVOTOS é uma banda muito boa….tive o prazer de conhecer os caras, e porra, são muito legais….os caras aonde te encontram falam com vc….em quais bandas vc ve isso? ….fico feliz pela prefeitura fazer shows com bandas locais…eles as vezes prezam pela cena local e os produtores que tem por qui são um lixo…… se eu fosse vc daria mais valor as coisas da sua terra e respeitaria as diverenças….

  16. heheheheh
    Yan sem noção!
    mas aceite a indicação do ricardo acima
    pare de choradeira e vá ao teatro santa isabel
    é de grátis
    e isso serve pra todos que reclamam que n entendem musica classica ou popular
    vejam as diferenças e divirtam-se pois sem diversão a melhor banda é uma merda!

  17. Andre Intruso says:

    RicardoB meu camarada..

    Only is in your time!

    A gente estava com uns problemas..ondem particular …Mas ta tudo resolvido e breve estaremos num galpao, bar, casa..rua…!

  18. beto lama!!! says:

    pow cara oq dzr dos devotos cara inspiraçao pra muita gente q começa a tocar um punk rock na veia!!! ainda a muito preconceito. mas um dia melhora valeu por tudo devotos !!! punk rock hard core e do caralho!!!

  19. bem o que inporta e que eles sao uma das melhores banda que realmente representam a periferia da grande recife!!

    parabens devotso e muitos anos de vida pra vcs!!!

  20. Jose Machado says:

    acho que Roge e Canibal estão por detrás desses comentários. Acho tambem essa Devotos uma boa merda e ponto final!
    Tem muita banda boa que só toca tres acordes.devotos é ruim com pouco ou muito acordes. Os Devotos são mais uma doidice da cabeça de alguns malucos apresentador que não precizam de audiencia pois o governo banca tudo.e que na verdade tratam os caras como uns coitadinhos, são pobrezinhos, moram no morro e coisa e tal.
    Bandinha farofa e amiga de político, nunca emplacou em lugar algum!
    Devotos é mais uma farsa!como é boa se não toca em lugar algum?me respondam!

  21. bom cada um cada um
    eu concordo quando dizem que não só existe devotos como referencia
    até pq a banda de recife que merece a minna admiração nem existe mais

    Cambio negro hc

    mas falar mal é no mínimo despeito, pq os caras conseguiram o que muitas bandas nunca conquistaram.

  22. Zé Machado, Você é um completo idiota. Se fazer show por aí, toca na TV e rádio fosseM sinônimo de qualidade, as MERDAS : NX ZERROOO!!! ; HATTEEENN!!! CHARLIE BROWN JR!!!! E TODA A TRUPE DE BANDA “MTV” seriam as melhores coisas do mundo. Ô, Estuprício, vê o “Cast” do PE MUSIC FESTIVAL = só tem MERDA!!! ( “Tirando a Nação Zumbi” )e Vai lotar. Sabe por quê?E QUE NESTE PÁIS DE MERDA, OS EMPRESÁRIOS, BANQUEIROS , DONOS DE TV E DA MÍDIA NÃO DÃO NENHUM APOIO PRA CULTURA. (Sabe o que eles querem? Dinheiro!Vender Bebida e cigarro fácil! Fazer você se sentir “moderno”,”indepente”,”jovem”, “revolucionário” e te controlar. Um perfeito exemplo disso: V O C Ê .
    Só pra você se ligar:Enquanto hoje, na TV ,às 12:30hs Cardinot e os outros mostravam quem morreu, quem matou,quem estuprou, quem perdeu o jogo da 2a.divisão, o “idiota do Roger” apresentava um programa sobre a cultura afro, sobre preconceito e valorização do legado dessa cultura. No Stereoclipe dessa semana, os caras do devotos mostravam como CRIAM seus instrumentos, amplificadores, num papo sobre construção e regulagem de equipamentos musicais com um luthier.(E você quer cobrar IBOPE pros caras falarem sobre música,arte,cultura??!!!Dá o IBOPE pra eles é a nossa obrigação. (a outro opção e continuar vendo quem matou, quem morreu, quem estuprou … a isso sim tem um IBOPE!!!! (NOSSOS POLÍTICOS SÃO CORRUPTOS?(muitos são, é verdade), ME DIGA VOCÊ , QUEM É QUE OS CORROMPE???? QUEM TEM O DINHEIRO E COMPRA OS CARAS??? A PODRIDÃO NÃO ESTA SÓ EM BRASÍLIA, ESTA BEM AÍ AO SEU LADO, NA EMPRESA ONDE VOCê OU SEU PAIZINHO TRABALHA ).
    Ô, Suprema anta, não conheço o Roger , não sou do PT, não trabalho em prefeitura, MAS NÃO SOU BURROOOOO!!!!!
    Desculpem o palavrório, mas é ignorância,hipocrisia e cinismo demais!!!!

  23. Parabens ao Devotos !!!
    um homem sem estória é um homem morto.