Lembra do Recifolia?

Sabe esse silêncio tranquilo que acompanha o mês de novembro? Não era assim alguns anos atrás, quando o mês era a marca registrada do Recifolia. A maior micareta fora de época do país (porque, afinal de contas, tudo aqui é o maior do mundo) movimentava, em prol do axé, o comercio de veraneio, os hoteis e a venda paralela de lanças-perfume na cidade (lembro que esses eram vendidos até em caixa).

Agora está rolando uma enquete online. “Você é a favor ou contra o retorno do Recifolia?”. Para votar, é preciso entrar no site www.recifolia.com.br. Vota lá! =)

Posted terça-feira, novembro 20th, 2007 under Notícias.

12 comments

  1. pra mim tanto faz!
    na boa era até bom pq minha tia vendia cachorro quente lá e tinha uma grana sempre sobrando nessa epoca.
    mas cabe a eleite pernambucana que mora na Boa Viagem respoder!
    quem é de outra localidade nem discute!

  2. Leva para teu bairro Fabino, voce vai ver como é bom na hora de dormir!

  3. cara, deveria mudar de lugar!!

    poderia ser as margens do canal da agamamenon !

    agora, quando a maré estiver cheia!

    assim o cheiro vai se confudir com a melodia baiana!!

  4. joão do ibura says:

    Esse evento não traz nada de relevante à cidade, pois só serve para enriquecer as empresas baianas que lucram com as vendas de “abadas”, enquanto que ao Recife ficam as despesas com segurança, saúde e reparações com as depedrações, alem de que não há contrapatida cultural, pois só rola o lixo baiano. É melhor apoiarmos a Parque Dona Lindu.

  5. Essa merda devia acontecer era no inferno. Proliferar mais lixo por aqui? Já basta o que tem que se aturar normalmente… Tudo aqui acontece em bloco, seja de moda musico-comportamental ao carnaval de rua.

  6. ae geraldo,vc criticou o fabiño…
    mais com certeza vc não precisa graças a deus de grana extra né !!! pow eu não gosto de musica baiana e por ser uma vez no ano tenho certeza que não vai prejudicar seu sono durante o ano todo.

  7. recifolia nunca mais, ! ivete sangalo foi tocar na avenida o que nao faltou foi briga, feridos, pouco policiamento, sujeira e nao acrescentou nada a ninguem!
    a alguns meses atras..
    foda-se o recifolia som ruim, tudo ruim.
    viva o rock

  8. ê geraldo!
    levo nada, até pq aqui em olinda perto da V8 n teria tanta empolgação quanto em BV com seus arranha-céus e o belo mar infestado de tubarões!
    rsrsrsrsrsr
    mas como o Marcondes citou: “pow eu não gosto de musica baiana e por ser uma vez no ano tenho certeza que não vai prejudicar seu sono durante o ano todo.”

    se vc trabalhasse na área veria que essa merda é bom pra rede hoteleira e pra todo comércio alternativo (informal) da redondeza, mas como vcn tem nada haver com essa rede finaceira, pelo menos critique o que está sendo dito de acordo com o que está escrito.

    “pra mim tanto faz!
    na boa era até bom pq minha tia vendia cachorro quente lá e tinha uma grana sempre sobrando nessa epoca.
    mas cabe a eleite pernambucana que mora na Boa Viagem respoder!
    quem é de outra localidade nem discute!”

    reproduzi o que ecrevi. agora se vc fizer parte da elite citada no texto, dê seu grito de raiva e insatisfação ou vá arranjar uma lavagem de roupa!

    peace!

  9. júlio ulisses says:

    Lixoooooooooooooooooooooooooo
    lugar de lixo é no lixooooooooooooooooooo

  10. júlio ulisses says:

    o pior ne nada é que no site deles eles tao perdeno e feio kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    recifolia é lixoooooooooooooooooooo eram 4 dias de pura violencia em recife.
    lixo volto a dizer lugar de lixo é no lixo!!!!!!!!!!!

  11. Guilherme Moura says:

    ahhahah .. é verdade ;)

    ontem às 10 da manhã estava:
    Você é a favor ou contra o RETORNO do Recifolia?
    Sou a favor 93,32% (559 votos)
    Sou contra 6,68% (40 votos)
    Total: 599 votos

    Hoje às 16h30:
    Sou a favor 14,00% (625 votos)
    Sou contra 86,00% (3839 votos)
    Total: 4464 votos

  12. Meu passado me condena: em 1994 eu vendi cerveja no Recifolia na intenção de ficar rico…óbvio que não fiquei!

    Aliás, a única coisa positiva (como alguém aí em cima já frizou) que enxergo no evento é a economina informal que ele gera: muita gente consegue ganhar uma graninha vendendo comida e cerveja.

    Fora isso…

    Como algumas pessoas costumam ter uma leitura meio equivocada do que escrevo, vale salientar: a vergonha não é por ter vendido cerveja (que é um trampo nobre, como qualquer outro), mas ter participado do Recifeolia…ainda que não estivesse ali pela música…