Entrevista – Rabujos

Dando continuidade a série de entrevistas sobre o 2007 das bandas pernambucanas, é a vez de Jaka, vocalista do Rabujos, contar como foi o agitado ano da banda e falar dos planos para o futuro. Confere abaixo o bate-papo.

Como foi 2007 para o Rabujos? O que de melhor e pior aconteceu com a banda durante o ano?

Foi um ano crucial. Muito difícil em alguns momentos, mas extremamente positivo. Especialmente no que diz respeito à maturidade e organização interna da banda. Nos tornamos mais criteriosos e profissionais, no sentido de exigir mais responsabilidade de nós mesmos e de quem nos convida para tocar. O ano foi tão cheio de novidades que é difícil determinar o que houve de melhor. A última delas foi o lançamento do 5Way Split “Sinfonia da Desgraça”, disco que dividimos com mais quatro bandas do Brasil e dos Estados Unidos e que já está a venda. Basta entrar em contato pelo rabujos@hotmail.com.

Agora, o óbvio seria dizer que a nossa apresentação no Abril Pro Rock foi o ponto alto.  Foram vinte minutos bem intensos, inesquecíveis, e que nos renderam muitos elogios, contatos, renda, etc. Rendeu até “polêmica” e as aspas devem ser frisadas. Algumas pessoas interpretaram um comentário nosso durante o show como uma crítica ao festival. Ou talvez não tenham ouvido o comentário por completo. Felizmente, quase todos entenderam que “a gente não precisa do APR para tocar para vocês” significava que o festival não é um fim em si mesmo e que fora daquele contexto ultra restrito, existe um universo de bandas, shows, zines e pessoas que mantêm gêneros como metal, hardcore e punk bem vivos. Significava que as pessoas assistindo ao nosso show tinham e têm como ir a shows daquele tipo praticamente todo fim de semana. E que se por acaso alguém que não nos conhecia gostou do que viu, poderia na outra semana assistir nosso show novamente, junto a outras bandas tão boas ou melhores do que nós, mas que não tiveram a oportunidade de estar no palco de um grande festival.

Mas o que de melhor aconteceu é conseqüência direta do pior momento da banda. Em agosto, nosso guitarrista Rodrigo sofreu um enfarto e ficou internado uma semana em uma UTI. Ensaiamos em um sábado de manhã e escutamos ele reclamar de um remédio que estava tomando para a garganta. Na noite do domingo, recebemos um telefonema dizendo que ele havia tido um enfarto. Tínhamos um show marcado para aquela mesma semana. Na quarta, Rodrigo disse que ia tocar, nem que fosse sozinho. No sábado tocamos. E foi muito foda! 
 

Quais os planos para 2008?

Muitos planos para 2008. O primeiro é gravar e lançar nosso primeiro full lenght no ano que vem. Já estamos com algumas músicas prontas, mas ainda tem muito o quê produzir. Alguns selos já se interessaram, mas ainda queremos conversar com mais gente e garantir uma boa distribuição. As músicas estão ainda mais agressivas que nossos trabalhos anteriores. Possivelmente, será um disco temático, mas isso ainda não está definido. O disco deve vir acompanhado de clipe no Youtube, reformulação de site, etc.
 

Devemos também “descer” para o Sudeste em turnê. A idéia inicial é novembro ou dezembro de 2008, mas talvez aconteça ainda no primeiro semestre. Também vamos fazer pelo menos um grande festival no Nordeste e talvez uma mini-turnê pela região.

Posted quarta-feira, dezembro 26th, 2007 under Notícias.

4 comments

  1. Grande banda que merece todo respeito e apoio, os caras merecem toda sorte não so pelo som, mais pela humildade.

    Acompanhei varios shows que eles fizeram nesse ano de 2007 e com certeza acompanharei os de 2008, grande banda o rabujos.

  2. detonem, caras!! muito phodda o som!! e viva o aquecimento global!!

  3. Sem mais por agora
    se sim

    Rabujos não deixa ninguém parado!

    A melhor banda , tecnicamente, do hardcore metal punk do NE.

    fodasso!

  4. Rabujentos, detonem nesse Brasil afora!
    Viva o degelo do Ártico!