Cobertura: Pitty no Clube Português

Pitty está cansada do papel de Pitty. Sua performance no Clube Português deixou claro que ela já não se sente confortável no papel de principal estrela do rock nacional, que não tem mais tanta paciência assim com os fãs e que no fundo parece estar louca de vontade de chutar o balde, mandar tudo às favas e começar do zero, voltar a fita e fazer tudo diferente…
Mas comecemos pelo começo…

Os portões do Clube Português foram abertos pouco depois das 20h. Uma fila imensa de adolescentes se estendia da Av. Agamenos Magalhães e dobrava o Mc Donald’s, dando a nítida impressão de que o local teria sua lotação esgotada. Apesar dos 1.200 ingressos vendidos antecipadamente, não foi o caso. Ainda que o “estouro da boiada” assustasse a princípio: adolescentes de preto correndo para frente do palco, alguns munidos com presentes para seu objeto de adoração, como bonecas e cartas com quilométricos “eu te amo”. Muitos pais acompanhando as filhas, boa parte deles constrangido, dando a desculpa da vez: “sou pai, só vim por causa da minha filha”. E, melhor de tudo, os guris acabaram se revelando um público educado e extremamente receptivo com as atrações de abertura, que pouco tinham a ver esteticamente com a roqueira baiana – exceção feita a Carfax -.

Nem o som local que amplificava em volume máximo o In Rainbows, do Radiohead, causou estranhamento. Tampouco a atração mais “disforme” da noite, o River Raid, teve problemas com a platéia. Munidos de três guitarras e com frases de efeito tipo “é rock na veia”, conquistaram fácil o público, mesmo com uma sonoridade que contrastava em peso e volume com a atração principal. Banda que trafega entre o pop e o rock um pouco mais pesado, o River Raid dá a impressão de prometer muito mais do que acaba cumprindo. Suas músicas sugerem um clímax que não chega nunca, e a sensação que passa é a do puro desperdício: não dá para entender bem o que três guitarras fazem ali, já que elas não mudam muita coisa no resultado final. É uma banda competente, mas que poderia render muito mais com a formação que apresenta. No fim das contas, o River Raid teve a recepção mais fria da noite, ainda que tenha agradado a gurizada.

Na seqüência veio o rock duro do Vamoz!, que foi muito bem assimilado pelo público. Ciente de que estava tocando para uma platéia que não era a sua, Gomão caprichou na farofa: fez pose, quebrou a corda da guitarra, esbanjou simpatia e conseguiu até o acompanhamento de palmas em uma das músicas. Os melhores momentos acabaram vindo com “Big League”, “Can I Drive?” e “Damned Rock n’ Roll”. Show correto, mas extremamente deslocado, no local e na companhia errados.

Quem pegou carona legal no público de Pitty e se deu muitíssimo bem foi a Carfax. Sabendo que o jogo valia muito, entraram em cena esbanjando disposição, carisma e garra, cantando com a alma e se aproveitando ao máximo da arrebatadora receptividade do público. Abriram com “Ainda Queima”, principal hit. Mas foi com a nova “Yeah, Yeah, Yeah!” que tiveram seu apogeu: todo o Clube Português cantando o refrão “Eu falo mais alto para você entender”, que acabou se convertendo na síntese do show deles: falaram muito alto e foram generosamente entendidos. O final, que beirou a catarse, veio com uma versão repaginada e cheia de efeitos para “Pega Ladrão”. Lindo de ver…Ganharam a noite e de tabela o público de Pitty.

Mas a noite era indiscutivelmente dela. Mal começou a tocar, e a invasão tomou conta do palco. Parecia cena de clipe trash: mocinhas de saia com as perninhas balançando sendo retiradas nos ombros dos seguranças. As músicas eram cantadas em uníssono uma a uma, e os seguranças precisavam justificar em dobro o pão nosso (deles) da noite: não tiveram um só instante de sossego. Envergando uma guitarra, Pitty foi fortemente agarrada por uma fã, que só desgrudou dela depois que os seguranças intervieram. Na mesma hora soltou um PUTA QUE PARIU que exprimia todo o seu desconforto com a posição de musa do rock. Após a música, o recado revoltado para os fãs: “Existem várias formas de demonstrar amor, e a maior delas se chama respeito! Só para explicar o que aconteceu aqui…” E seguiu com seu repertório de hits: “Anacrônico”, “Admirável Chip Novo”, “Equalize”. E a cada uma delas Pitty se distanciava cada vez mais de seu refrão mais conhecido, aquele do “o importante é ser você…”, de “Máscara”. Até que tentou se posicionar em alguns momentos, vertendo Bad Brains em ritmo de reggae e no cover de “Highway to Hell”, de um AC/DC que poucos pareciam conhecer ali.

O público de Pitty não é o mesmo de quando ela tocou há três anos no Abril pro Rock. Aquele cresceu, e hoje deve preferir Chico Buarque ou até um metal extremo. O atual está na faixa dos 14 aos 17 anos e é predominantemente feminino, e leva o refrão de “Máscara” às últimas conseqüências: menina beijando menina e menino se pegando com menino, em uma prova cabal de que o amor fala mais alto, mesmo que seja “estranho ou bizarro”. O que no fim das contas não é. Estranho e bizarro mesmo é constatar que Pitty cansou da personagem que ela mesma criou.

E a pergunta que não quer calar é: até quando ela vai conseguir renovar seu público? Porque o do Clube Português, daqui a três anos, não vai estar nem aí para ela, e sentirá até mesmo uma ponta de vergonha por um dia ter sido fã de Pitty. É assim que o jogo funciona. Mesmo (e principalmente) que seja estranho, bizarro, bizarro…               

Posted sábado, janeiro 12th, 2008 under Coberturas.

173 comments

  1. Opss…Gente como esse “jornalista”

  2. Ele disse :”…E a pergunta que não quer calar é: até quando ela vai conseguir renovar seu público? Porque o do Clube Português, daqui a três anos, não vai estar nem aí para ela, e sentirá até mesmo uma ponta de vergonha por um dia ter sido fã de Pitty…”

    QUE PORCARIA É ESSA QUE VC ESCREVEU,

    AGORA EU QUE O DIGA,
    O POVO VAI SENTIR VERGONHA É DESSA PORCARIA DE COBERTURA.

  3. Ele disse :”…E a pergunta que não quer calar é: até quando ela vai conseguir renovar seu público? Porque o do Clube Português, daqui a três anos, não vai estar nem aí para ela, e sentirá até mesmo uma ponta de vergonha por um dia ter sido fã de Pitty…”

    QUE PORCARIA É ESSA QUE VC ESCREVEU,

    AGORA EU QUE O DIGA,
    O POVO VAI SENTIR VERGONHA É DESSA PORCARIA DE COBERTURA.[2x]

  4. Ele disse :”…E a pergunta que não quer calar é: até quando ela vai conseguir renovar seu público? Porque o do Clube Português, daqui a três anos, não vai estar nem aí para ela, e sentirá até mesmo uma ponta de vergonha por um dia ter sido fã de Pitty…”

    QUE PORCARIA É ESSA QUE VC ESCREVEU?

    AGORA EU QUE O DIGA,
    O POVO VAI SENTIR VERGONHA É DESSA PORCARIA DE COBERTURA.
    [3x]

  5. O Outro Cidadão do Recife says:

    até quando isso ainda vai render? já passou galera! o show foi massa, quem gostou já era.E quem não gostou, paciência.
    já podem deixar pra lá essa arenga toda e se preparar pra curtir o resto do mês de janeiro e fevereiro, afinal, já é carnaval, então vamos correr pro abraço.

  6. interessante eh q tem muita gente q ainda perde tempo com ele…

  7. Pô só tenho um coisa pra diser em relação a tudo q disserem, criticas e elogios acima, o show foi bom depois d 3 anos sem pitty no recife ela estava d volta, mas acho e claro q ela poderia ter dado mais, mas tbm acho q o pulblico tbm deveria ter se comportado melhor, ela fes o que se comprometeu a faser q era o show, empolgou a maioria da galera q tava lá, isso e q conta, criticas sempre vão existir
    isso e a lei natural das coisas, faser o que ???

    gostei do show já to esperando o proximo !!!
    quem se enterecar pode entra na nossa comunidade
    “QUEREMOS + SHOW D PITTY NO RECIFE”

  8. A PItty é a melhor cantora de rock nacional …(de todos os tempos na minha opniao)…
    Sou fã as quase 6 anos , e pra mim ela naum mudou …continua a melhor cantora , uma pessoa inteligente ,e q sabe o q quer …
    Nem uma critica como essa vai abalar o sucesso dela …e os fas continuaram sendo fãs ..

  9. kkkk q piada!!!

    “nem jesus cristo agradou á todos”
    (que comparação hein???)mas…já q vc começou…
    é verdade, mas depois que Jesus morreu e subiu aos céus, todo mundo reconheçeu o poder supremo dele…
    agora, pra ser reconheçida como melhor cantora do rock nacional…pq será q a pitty n morre???ou acaba a banda…

    uhauhauhaa

  10. Eu estive no show da pitty,curto um pouco a musica dela mas concordo que ela esteja diferente e quando a menina agarrou ela q ela disse:PUTA QUE PARIU DOIDO!
    daí vi q ela estava muito diferente ela estava bosal cara eu odiei as atitudes dela,porque galera o que ela tenq entender é que ela “é” aquela molekada q tava ali no aperto por causa dela e é assim q se retribui?conheço pessoas que chegeram lá as 11:30 da manhã e ficaram lá até a noite o q quero dizer com isso é q ela nao é nada sem essa galera então ela nao pode trata-los como ela trata entao o q me fez ganhar o dia mesmo foi o CARFAX foi massa o show deles e agora os curto mais q a pitty infelizmente! flw galera!

  11. Aiai, tanta gente passando fome e vocês preocupados em defender ou não Pitty. Ah, se todos tivessem essa mobilização pra lutar com a igualdade social no nosso país e defender quem tem direito de ser defendido, ah…

    Que coisa, hein. Viva o shows beneficientes! êêêê.

    Hugo, você deveria ser mais parcial cara, a não ser que queira rir um pouco com os fãs… se não vai deixar um monte deles revoltados assim.

    Na minha opnião: Boa estratégia pra render comentários.
    Legal o RecifeRock versão WordPress. Faltam uns widgets só.

  12. Coitado dos pirralhos…
    pitty bota pra fude neles e eles ainda defendem ela!
    é de dar pena!

  13. AAH ME POUPE NEEEH… ESE COMENTÁRIO DE TANTA GENTE PASSANDO FOME OOOOW COMPRAÇÃO DE CARA =//////
    NADA A VER CARAAAAA…

  14. Cara. Que crítica bem feita!
    Eu gosto da Pitty, mas seu texto ta lindo!
    Parabéns!

  15. não concordo com nada
    quanto a idade não tem nada a ver mesmo, eu tenho 20 anos e amo a banda,não concordo com a frase que ela está “cansada do papel de pitty” não acho que ela está fazendo papel de nada está sendo ela mesmo,sempre deixou claro que não gosta de ser “invadida” que n se sente confortavel sendo agarrada por alguém que ela não conhece…descordo tbm quando vc diz que daqui a um tempo os fãs vão se envergonhar …
    acho que seu comentário foi desrrespeitoso n só com a musa mas com os fãs tbm..
    da proxima vez procura estudar sobre o assunto e depois comenta ta?

  16. EU ESTAVA NO SHOW DA PITTY
    E FOI MUITO BOM UM SHOW DAS MÚSICAS PRÓPIAS DELAS,OS COVERS DE CHICO BUARQUE EM RITIMO DE ROCK,AC/DC UMA DAS PRINCIPAIS BANDAS DO ROCK É BOA PIDIDA,

    EU CONSEGUIR ENTAR NO CAMARIM ,ELA TAVA MUITO RECEPITIVA NO CAMARIM COM OS FÃS TROQUEI ÍDEIA COM ELA SOBRE MÚSICA

    TIPO NÃO TROCO A PITTY POR BANDAS COM MATAZZA
    QUE NÃO TEM LETRA

    GOSTO DE BANDAS QUE PASSEM ALGUMA MESANGEM

    CONCORDO COM UMA PESSOA FALOU QUE UMA PESSOA TEM DE TOCAR NA PITTY ELA TÁ CERTA

    QUANTO AO SUCESSO DIFRENÇA DE SHOWS NO ABRIL PRO ROCK
    É UMA MUDANÇA PRA MELHOR

    ABRAÇOS

  17. Não fui ao show, pq infelizmente ele caiu no dia do aniversário de minha mãe=(… Enfim.
    e… “Porque o do Clube Português, daqui a três anos, não vai estar nem aí para ela, e sentirá até mesmo uma ponta de vergonha por um dia ter sido fã de Pitty.”
    E como assiim o púlblico todo?!? Vc simplesmente generalizou cara, q ridículo vei! E vergonha um CARALHO_|_.

  18. E ainda, essa fã q foi abraça-la… Q coisa RIDÍCULA!
    Vcs n se colocam no lugar de Pitty não é?! Acham q os “artistas” não são humanos… ME POUPE! imagine se vc fosse famoso e chegasse uma pessoa q vc NUNCA VIU NA VIDA, chegasse e te abraçasse do nada, e o pior ficar lá grudado!… Tipo, eu odeio pessoas efusivas… e n sei se um dia fosse famosa daria conta disso não! Pitty até q ainda tem paciência com os fãs pow… Vcs n reconhecem, até as pessoas q dizem “gostar” da Pitty caíram nessa conversa, pra vcs verem o q um reportagem faz. [Pôsers!] -.-

  19. Esse tal “Rui” tá é precisando é de uma rola! E ainda nem sabe escrever “pose” é poser seu otário safado.

  20. Jennyfer Pôser de merda…

  21. ty amuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  22. eu acho q ess RAYSSA ta muitu errada pq a pitty é uma cantora q
    aguenta muito o publico e se ela ñ qisesse ta onde ela ta agora com essa fama toda
    ela ñ teria mostrado o talento dela pro publico se encantar com a voz dela!!!
    te amo muito pitty vc é a minha vida bjx te amoooooooooooooooo