Gravação do DVD da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério

Gravação do DVD da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério
Sexta (05/09) e Sábado (06/09) 20h
Teatro de Santa Isabel
Orquestra Popular da Bomba do Hemetério

Orquestra Popular da Bomba do Hemetério

release:
Reinventando a cultura popular

Orquestra Popular da Bomba do Hemetério grava seu primeiro DVD “Jorrando Cultura” em shows gratuitos no Teatro de Santa Isabel
Depois de propor uma renovação ao gênero mais característico de Pernambuco, o Frevo, no disco “Jorrando Cultura”, a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) se prepara para registrar a inovação em DVD. As gravações serão no próximo final de semana, no Teatro Santa Isabel, com entrada gratuita. Comandado pelo compositor, arranjador e instrumentista Maestro Forró, o grupo é formado por moradores da comunidade de Bomba do Hemetério, no bairro de Água Fria, zona Norte do Grande Recife. A intenção é unir composições eruditas e populares e trazer o Frevo para o cenário da música pop atual. O DVD tem co-patrocínio da Prefeitura da Cidade do Recife e é produzido pela Rec-Beat Produções Artísticas.
A gravação do DVD acontecerá nos dias 05 e 06 de setembro, às 20h, e os interessados podem retirar os ingressos na bilheteria do teatro à partir das 18h para assistir aos espetáculos. A gravação de “Jorrando Cultura” contará com a participação dos músicos Canibal e banda Devotos, Mestre Zé Amâncio do Coco e Mestre Valter, do Maracatu Estrela Brilhante. Também marcarão presença o sambista Hilton de Oliveira e o Maestro Gil, que traz para o palco do teatro seu piano de cauda. Depois de lançarem o CD no mesmo teatro, a Orquestra volta para o registro ao vivo, com novo figurino. Quem dirige o espetáculo é Alessandro Guedes, com direção de fotografia de Samuel Kobayashi.
“Jorrando Cultura”, o disco, foi lançado em fevereiro do ano passado com composições próprias do Maestro Forró, Parrô, Waltinho D’Souza e Natanael Dádiva, além de releituras de clássicos como “Vassourinhas”, “Cabelo de Fogo” e “Elefante”. Realizado com recursos próprios e apoio do Serviço de Incentivo à Cultura da Prefeitura do Recife, o CD foi elogiado pela crítica, levando a banda para shows fora do Estado, como apresentações em Brasília e no Parque Ibirapuera, em São Paulo.
Maestro Forró e a orquestra se destacam pelo trabalho de pesquisa e estudo da música popular. Além do frevo, o trabalho apresenta ritmos variados como coco, valsa, rock, mangue beat, samba de latada (ou de matuto), de gafieira, cavalo-marinho, xaxado, maracatu e até gêneros estrangeiros como o norte-americano fox-trot e chanson francesa. Trata-se de um legítimo trabalho de manutenção e interação da música regional com as diversas tendências contemporâneas.
Trajetória
Formada em 2002, a Orquestra Popular nasceu do desejo do Maestro Forró de articular os músicos de sua comunidade despertando um interesse mais acadêmico e, futuramente, mercadológico. Com pouco mais de seis meses de formação, surgiu uma parceria com Um Bloco em Poesia e, em troca de um show, foi viabilizada a capa de um CD demo, intitulado “Orquestra Popular da Bomba do Hemetério Ao Vivo”. Com mil cópias produzidas, o CD passou a ser disputadíssimo nos shows. Em 2003 veio a grande vitrine, com shows no carnaval organizado pela Prefeitura do Recife. Hoje, a orquestra tem agenda de show o ano inteiro e dois ensaios semanais. Em sua trajetória, o grupo fez participações na trilha sonora do filme “A Máquina”, de João Falcão, no CD “Nação Canta Pernambuco”, do Maracatu Nação Pernambuco, acompanhando Antônio Carlos Nóbrega; e no CD e DVD “Music From Pernambuco”, distribuído na Europa e EUA. Também se apresentou na Abertura do Carnaval do Recife 2007, com Naná Vasconcelos e Maria Betânia, no Pelourinho Cultural em Salvador e no 3º Salão Nacional do Turismo de São Paulo, este ano.
A Orquestra Popular da Bomba do Hemetério também mantém a Escola Comunitária de Música Zé Amâncio do Coco, que, hoje, atende 60 crianças com aulas semanais de iniciação musical, teatro e danças circulares, além de culinária natural, voltada aos pais. O projeto iniciou em novembro de 2005, com incentivo do SIC Municipal. Hoje, sem apoio financeiro, os professores estão trabalhando como voluntários. A coordenação é do irmão do Maestro Forró, Givanildo Amâncio, também músico.

Orquestra
A equipe é composta por 24 integrantes, sendo 21 músicos (cinco saxofones; quatro trompetes; 04 trombones de vara; 01 tuba; 01 baixo elétrico; 03 percussionistas, 02 cantores – Valéria e D’Ângelo Espíndola; e o Maestro Forró) e três técnicos (um iluminador, um roadie e um técnico de som), todos moradores da comunidade.

MySpace: www.myspace.com/opbh
Site Oficial: www.opbh.com.br

Serviço:
Gravação DVD Jorrando Cultura – Orquestra Popular da Bomba do Hemetério
Quando: Dias 05 e 06 de setembro (sexta-feira e sábado)
Onde: Teatro de Santa Isabel
Horário: 20h
Entrada: Gratuita, mediante retirada de convites na bilheteria. A retirada dos convites deve ser feita com antecedência, nos dias dos shows, às 18h.

Posted quinta-feira, setembro 4th, 2008 under Agenda.

15 comments

  1. Maria de \jesus says:

    Maestro adoro tu !!!!!
    bjo …bjo…bjo

  2. É MUITO DEZ ESTA BANDA. PARABENS. Mario Balla de Brasilia.

  3. assisti vocês na tv viva e gostei pra caramba gostaria de saber como posso adquirir o dvd da orquestra

  4. CINTHIA OLIVER says:

    Olá maestro sou uma musicista de sorte por já ter feito uma parceria com você na banda de Carmem Alves, onde eu era guitarrista e vc nosso maestro e arranjador “claro”, a banda era muito boa mais teve seu fim, pena, mais vc é um mito em nossa história da musica Pernambucana, isso ai é fruto de muita luta, e vc merece sim muito mais…forte abraço, CINTHIA OLIVER BAIXISTA…BJS E PARABÉNS A TODOS..

  5. jose adriano santos oliveira says:

    como faço para adquirie um dvd da banda pois eu adoro .

  6. Edilma Andrade. says:

    Olá bom dia,
    sou pernambucana e moro no Rio de Janeiro.
    Como faço prá comprar o dvd da orquestra?
    Aqui não tem frevo e preciso matar a saudade do meu povo.

    A orquestra é fantástica!!!

  7. sou passista e já pude sentir o potêncial desta orquestra, q não só agrada a mim como a todos q veem!
    desejo sucessos a todos e inclusive a o contor e cantora D´angelo espíndola e Valéria, q vcs possam crescer cada vez mais e estou louca pra comprar esse dvd esperado por muitos! beijos e felicidades!

  8. Carlos Lins says:

    Espetacular, sensacional! Vou comprar o meu DVD e divulgar junto aos meus parentes e amigos não só em Pernambuco como em outros estados. Mas atenção, mesmo parentes ou amigos, aqueles que pensarem que vou emprestar o meu DVD para ser pirateado, pode tirar o cavalinho da chuva, comprem os seus!

  9. Pelo amor de Deus, informem como proceder para adquirir CD ou DVD da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério. Sou de Salvador, apaixonado pela música Nordestina, e, em especial pela pernambucana. Frevos, maracatus, maxixes, cirandas…Pernambucanos arretados. Fiquei extasiado ao ver no programa “Som na Rural” a apresentação desta maravilhosa banda.
    Obrigado.

  10. Parabéns para a galera toda envolvida, muito bacana este trabalho !!!!

  11. vcs são mara… eu adorei o show q fizeram aqui em são paulo.

  12. assisti na TVE BRASIL e adorei… PARABENS A TODOS

  13. eu sou musico. sou fã da orq popular da bonba do hemetério
    gostei muito como faço para concegui patituras ou cd valeu?

  14. Olá pessoal, fiquei muito feliz ao ver um vídeo sobre vocês na Rede Minas. Achei a banda de vocês o máximo. A música de vocês é muito alegre e muito contagiante. Coloquei o som no máximo e alguns vizinhos me ligaram perguntando que música era aquela. Respondi então que era a “Orquestra Popular da Bomba do Hemetério”. Todos os que me ligaram assistiram e disseram também que acharam o máximo. Sou morador de Belo Horizonte, residente em Santa Teresa que também é um bairro tradicional de BH, principalmente pelos eventos e músicos do bairro, como por exemplo Lô Borges, Betho Guedes, Clube da Esquina, etc. todos residentes à duas ruas da minha. Bem, fiquei bastante feliz ao assistí-los, principalmente porque vocês me fizeram lembrar muito de meu Pai que era maestro, professor e músico da Orquestra Sinfônica Mineira, ele tocava Trombone e Contra-Baixo. Sou de família de músicos, minha irmã é cantora lírica e regente de coral, meu irmão “Ed Maciel”, durante muito tempo esteve à frente da Orquestra “Ed Maciel e sua Orquestra” e minha irmã mais nova tocaba Acordeon. Então, fui criado em um
    meio musical bastante diversificado. Quanto à mim, não me interessei por música clássico e sim música popular. Hoje participo da Irmandade do Rosério de Minas Gerais, toco Caixa-Congo, também sou pesquisador, dançarino, figurinista e coreógrafo do Centro de Tradições Chico-Rey que trabalha com a pesquisa, preservação e divulgação das tradicionais manifestações folclóricas do Brasil, com especialização em Minas Gerais.
    Bem, gostaria de saber como adquirir CDs de vocês. Depois entrem em contato e me digam como ser possível isso. Ficando por aqui deixo um forte abraço e Sucesso pra vocês. Tudo de bom,
    JMJ

  15. Que Deus continue te abençoando sempre, parabéns pelo susseço, um abraço para vç e toda raziada da orquestra em especial ao meu amigo Moacir trombone.