Conheça o surpreendente folk-pop de Victor Toscano

Dica de Fernando Rosa do Senhor F. Victor Toscano: um microfone C1, um quarto… duas músicas foda. Escute!

Escute: Victor Toscano – Mapa

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Escute: Victor Toscano – Troca de Lar

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Do Recife, o surpreendente folk-pop de Victor Toscano
Por Fernando Rosa – Senhor F

Victor Toscano é do Recife, tem 25 anos e uma mão certeira para compor belas canções lofi-folk-pop. Mas, não pense em tosqueira, e sim em sofisticação musical e poética e, ainda, em surpreendentes vocais. Ele já passou por várias bandas “de amigos”, como diz, e lançou diversos eps e discos-cheios pela internet. Agora, lança um novo single por Senhor F Virtual, com as músicas Mapa e Troca de Lar.

Senhor F entrevistou o músico por email, que fala da carreira, das facilidades proporcionadas pela internet, das suas influências e da diversidade musical de sua cidade natal. “Bom é você poder andar numa cidade onde saiba que tem um grupinho tocando dixieland num bar, tem a Nação Zumbi tocando numa arena, tem uma banda sessentista tocando noutro bairro e tem um carinha com um violão apresentando suas composições, por que não?”.

O “carinha do violão”, no caso, pode ser ele, e, se for, não deixe de vê-lo. Mas, antes, ouça Victor Toscano, no mais recente lançamento de Senhor F Virtual.”

Senhor F – Você tem vários lançamentos, a maioria on line, é isso? Isso é uma opção, uma falta de oportunidade, ou as duas coisas juntas? Quantos singles, eps e discos-cheios você lá lançou?
Victor Toscano – Tenho 2 eps e 4 discos-cheios. Antes de montar o home studio e os gravava em pouco tempo – geralmente quatro horas – num estúdio que eu pudesse pagar. Daí bolava uma capa e distribuía entre os amigos. Eu ponho as músicas na net porque é prático, chega até as pessoas, mesmo que elas escutem uma só música do myspace. A internet é sem dúvida a ferramenta mais eficiente para quem não tem distribuidora, não tem uma label. Aí é pôr suas músicas em todos os sites que encontrar, é deixar scraps, enviar pra pessoas, disponibilizar vídeos, virar seu próprio press agent.”

Leia a entrevista completa no Senhor F.

Baixe o EP: Victor Toscano – Mapa

Links:
Tramavirtual
Myspace
Youtube

Posted terça-feira, novembro 11th, 2008 under Notícias.

25 comments

  1. samuel sarinho says:

    hum… nada q eu naum soubesse… conhece esse cabra da epoca em q tanto ele quanto eu eramos estudandes de psicologia… mas sempre soube q Victor era uma grande musico… tem boas influencias musicas e isso o fez o otimo musico… =)
    escutem o som dele q eu garanto q é muuuito bom…
    abraços
    SmK

  2. Rodrigo Breckenfeld says:

    É a Mallu Magalhães de calças…

  3. Marianne Sabino says:

    Ahhh, Victor, conheço desde o segundo ano, qdo estudávamos no Contato e cantarolávamos músicas dos Beatles, Oasis, Lennon, McCartney… Acompanho desde então, não só composições como seus escritos, que são jóias raras. Ele é tudo, e inclusive, meu amigo. Sabia que não ia tardar te descobrirem, raro!

  4. Marcela de Ataíde says:

    Nada que eu também não soubesse… como eu mesmo dizia desde as músicas que ele fazia e não gostava: sou a fã número 0! Ele não só um músico. É um artista! Um artista com estilo. E com estilo próprio! As influências são boas, mas sei que ele nunca está satisfeito. Sempre em busca de novos sons, novas combinações, novos estilos… Surpreendente, envolvente, penetra pelos ouvidos que você nem percebe. Esse é o som que Victor faz! Sem contar com as rimas inteligentes, o jogo de palavras, o jogo de pensamento nas letras. Podem procurar mais músicas dele. Vocês não vão se arrepender mesmo!

  5. José Andrade Freitas Filho says:

    Pra mim é que não é novidade mesmo ja que integrei a primeira banda com do sujeito, ainda no colégio ( Sunset… nomezinho Brega eu sei), e ensinei quase tudo que ele sabe hj em dia.. huheuheueh. Brincadeiras e Amizade à parte sou um grande fã do Victor e fico muito eufórico em ver seu talento sendo reconhecido ainda que tardiamente.

  6. Diogo Pontes says:

    antes tarde o que nunca não! muito massa o som!

  7. Diogo Pontes says:

    *antes tarde do que nunca, não?

  8. a espera do SURPREENDENTE.

  9. som muito massa! bom descobrir musica assim aqui em recife…

  10. caramba, som muito lindo! :)

  11. Bem o som dele é otimo as letras são maravilhosas com uma melodia que encanta .Esse garoto vai longe,pois o talento dele esta estampado em cada acorde que ele toca.

  12. gente, vamo combinar que essa capa é linda viu?
    arte de primeira!

  13. é tipo um mapa dentro da foto dele, muito profundo meu!

  14. muito bom o som, parabéns!

  15. Não acredito que não tem nada falando do sintonizando recife nesse site. sou carioca e sempre venho aqui pra saber informações sobre a cena pernambucana…mas infelizmente cada vez menos vejo noticias sobre as bandas dessa cidade.
    sinceramente, legal que esse menino gravou tudo com um microfone, mas ele ainda não é tanta noticia quanto mombojo, maquinado, 3na massa e china, que acabaram de gravar um grande especial para a mtv.
    espero que voces comecem a divulgar outras coisas nesse site. Como carioca posso dar minha opinião: acho que voces tem inveja de certos artistas de recife, por isso ficam so falando de artistas que ninguem sabe quem é, e tentando empurrar isso como uma coisa legal.
    mais democracia nos sites de musica de recife.
    pra minha sorte, todos os artistas mencionados por mim tem site.

  16. Viaja não, sheila. Democracia é justamente dar oportunidade também a bandas que não aparecem na “grande mídia”. Não que essas bandas que você citou sejam marteladas pela mídia tanto quanto um Jota Quest da vida, por exemplo, mas certamente elas dependem bem menos de um site como o Recife Rock pra um nível legal de divulgação do que as bandas que estão por aqui, na batalha – e ainda não foram de mala e cuia pro sul/sudeste (onde se encontram os pólos midiáticos do país). E olha que eu acho que nem seja esse o caso, pois aqui se fala uma quantidade razoável de vezes sobre essas bandas que você citou. É só procurar nos arquivos.

  17. Sim, Sheila, como sempre “que acabaram de gravar um especial para a MTV”. Na verdade, o que importa, fico aqui também viajando, não são as bandas em si. Fossem outras, também seriam importantes para você, carioca. O que importa é a MTV. Tá bom. O Rio de Janeiro continua lindo … Talvez por isso uma certa escassez …

  18. Oi galera, sempre estou de olho por aqui no site. Mas vejo que a cena punk’rock pernambucana deu uma sumida. Não vejo mais entrevistas , shows ou corbeturas dos eventos e se eles acontecem. É muita coisa Indie, curto, mas sinto falta das bandas punks de PE.

  19. BREGA COM ROCK, segura essa cara, isso é que é som!

    http://br.youtube.com/watch?v=KxLbdFNmmwU

  20. Léo,

    Realmente, entrevistas e cobeturas dos eventos relacionados ao punkrock não têm acontecido. Mas os shows ainda existem sim.

    Esse ano apesar de não ter sido divulgado muito pela mídia local, vez ou outra acontece show.
    É bem verdade que tirando o Bad Brains e o Zumbis do Espaço, que tocaram no Abril Pro Rock, não veio nada de fora no primeiro semestre… Não que eu me lembre no momento… Mas no último dia 31 teve Mukeka Di Rato, próximo dia 23 vai rolar Leptospirose(SP)e dia 5, se não me engano, vai rolar DFC(DF) e Gritando HC(SP) no armazém 14.

    Sobre a cena local, têm acontecido shows por aí sim e algumas bandas têm tocado com relativa frequencia como é o caso da Nark(www.myspace.com/bandanark), que eu vejo tocando por aí todo mês. O Ugly Boys(http://www.myspace.com/uglyboyspe) também toca de vez em quando e tá aí há 10 anos.

    Uma outra banda que ainda está ativa, apesar de estar um pouco sumida(já que só tocou uma vez aqui em Recife esse ano, no tributo ao punkrock #1, evento com as 2 bandas acima) é o Subversivos(www.myspace.com/subversivos), banda com 11 anos de estrada.

    Dia 5/12 vai ter o show de 10 anos de outra banda local, o Nômades(http://www.myspace.com/nomades) com presença do Subversivos e do Brigada dos Lobos(http://www.myspace.com/brigadadoslobos).

    Coisas ruins aconteceram também, como a pausa da Unlucky Seconds(www.myspace.com/unluckyseconds) por falta de baterista. Mas em contrapartida houve o nascimento de outras bandas, como a Love Toys(www.myspace.com/buylovetoys).

    E tem outras bandas por aí, pro lado mais trash, grindcore e tal(que não é tanto minha praia) tem muita banda segurando a onda desde o Revolta Civil (http://www.myspace.com/revoltacivil) que é mais antigo até o Risko HC (http://www.myspace.com/riskohc)….

    Enfim… A cena tá rolando, diria que depois de um boom em anos anteriores e uma decandencia em 2006,2007… ví esse ao terminando com uma ponta de esperança….

    Abraço

  21. Caro Léo, falar em cena “punk” é complicado, mas se voocequer dizer com isso de “cores” e afins, hardcore, trahscore, grind, power violence, crust e etc, a cousa anda até movimentada, tem UZOMI esse mes (crossover), DFC em dezembro, teve mukeka, com boas bandas de PE abrindo os shows, fora a galera que ta se movimentando e fazendo as parads, como Júlio CPOHC, a galera da Risko HC, NARK e etc…. é que o reciferock é indie!!!!! (?!?!?!?!?)

    Abraço!

  22. galera, onde estão vcs com a cabeça! isso pra ser surpreendente tinha q ser bem pior do que já é. aí sim, valeria a pena!!

  23. me lembrou a carreira solo daquele saxofonista do kid abelha.

  24. Depois de sindrome de Los Hermanos….Sindrome de Pitty..so podia acontecer a SINDROME DE MALLU MAGALHAES!

  25. Victor Toscano says:

    nossa!
    eu fui fazer uma conta no you tube hj com o nome VictorToscano (meu nome) e deu como indisponivel.
    eu fiz com outro nome e fui procurar VictorToscano para ver quem era esse usuario e apareceram as musica London Eye e No Feelings Here.
    Pode parecer ou coincidencia ou mentira para muitos, mas eu componho musicas e agora que tenho 12 anos descobri um cantor e compositor com meu nome!