Duas opções pro Domingão

Duas opções pro Domingão. Tem a dupla Isaar e Wado no Poço da Panela e o carnaval rock de Badminton, Pocilga Deluxe, Sweet Fanny Adams e The Playboys no Quintal do Lima.

Confira os releases:
Isaar (divulgação)

Isaar e Wado em encontro inédito no Poço da Panela
Artistas contemplados pelo Pixinguinha lançam novos repertórios neste domingo, às 17h

Domingo (1º) é dia de apreciar a boa safra musical de jovens artistas que já carimbaram sua marca pelo Brasil e exterior. A pernambucana Isaar e o catarinense radicado em Alagoas Wado dividem pela primeira vez o palco, em show no Atelier de Augusto Ferrer, no charmoso bairro do Poço da Panela. A festa começa no fim da tarde, a partir das 17h, e ainda abre espaço para a discotecagem de Rogerman (Bonsucesso Samba Clube) e participação dos VJs Miss Gatis, Pyrrho e Leo Antunes. Decorando o ambiente, esculturas do anfitrião Augusto Ferrer e de amigos do artista plástico.

Contemplados com o Prêmio Pixinguinha 2008, os artistas apresentam shows inéditos no Recife. Isaar promete repertório de músicas já escaladas para seu próximo CD, em fase de pré-produção, e canções do primeiro disco solo, “Azul claro” (2006). Wado lança aqui seu quarto álbum, o elogiado “Terceiro mundo festivo”.

WADO – O que dá voz a Wado são ritmos como funk carioca, reggaeton e afoxés baianos. O músico foi beber nestas astúcias da periferia para construir a estética de seu novo álbum, “Terceiro mundo festivo”. São os ritmos terceiro-mundistas que permeiam o disco, o qual também traz referências mundiais como as batidas de Timbaland, Pharrel e M.I.A. É um passeio por novas levadas americanas e africanas e um retorno à concisão de discurso dos seus primeiros discos.

ISAAR
– Em seu segundo disco solo, que deve estar pronto em abril, Isaar pretende manter as características gerais do CD “Azul claro”. Porém, os batuques típicos que lembram o coco de roda da Zona da Mata e as cirandas do litoral vêm com uma nova tonalidade de cor. Subjetiva, porém visível aos olhos da alegria e do fogo ingênuo das festas populares. A formação básica de sua banda (baixo, bateria e guitarra) vem com surpresas na companhia de novos instrumentos como a sanfona, cavaquinho, piano e ainda mais percussão. A voz suave de Isaar também se propõe a avançar mais nos agudos tradicionais de sua obra.

SERVIÇO
Isaar e Wado
Domingo, 1º de fevereiro, às 17h
No Atelier de Augusto Ferrer – Estrada Real do Poço, 546, Poço da Panela
Discotecagem: Rogerman | VJs: Miss Gatis, Pyrrho e Leo Antunes
Ingressos: R$ 10, à venda na Loja Avesso, Av. Rui Barbosa, 806
Informações: 3301-7690

Sites oficiais:
– Isaar: www.isaar.com.br
– Wado: www2.uol.com.br/wado


release:
QUERO BOTAR MEU ROCK NA RUA

No primeiro dia de fevereiro, quatro bandas do Recife se juntam para botar seu bloco na rua. É a festa “Quero botar meu rock na rua” que antecipa os festejos carnavalescos com muita música ao som dos grupos Badminton, Pocilga DeLuxe, Sweet Fanny Adams e The Playboys. A festa acontece no Quintal do Lima (Rua do Lima) no dia 01/02, a partir das 17h. E como já é carnaval, cada uma das bandas vai tentar executar ao vivo algumas marchinhas e frevos, sem esquecer o repertório autoral, para o público entrar no clima.

Atrações – Fazendo o lançamento de seu segundo e elogiado disco apelidado de “II”, o Badminton abre a festa. Comandado pelo guitarrista Felipe Vieira, o grupo é veterano na cena pernambucana e está a serviço do rock’n’roll e do alt-country com músicas inspiradas em mestres como Neil Young e Frank Black. O novo disco, produzido e gravado pelo guitarrista em um acabamento lo-fi, tem influências notáveis da sonoridade de bandas como Wilco e Dinosaur Jr.

Na sequência, entra em cena o psicopop sofisticado da Pocilga DeLuxe, grupo que lançou durante o festival No Ar Coquetel Molotov do ano passado o seu EP de estréia “Aurora”. Além das guitarras poderosas, baixo pulsante e bateria sincopada, as músicas de André Balaio (vocal), Pedro Parini (guitarra), Marina Adeodato (baixo) e Alexandre Da Maia (bateria) têm arranjos vocais que saem do lugar comum. Com influências de Roxy Music, Nick Cave e Mutantes, as letras surpreendem ao revelar comportamentos obsessivos, juntando sofisticação e cafajestice, afetação e passionalidade, inocência e ironia.

Em 2008, a Sweet Fanny Adams percorreu um invejável circuito de festivais independentes pelo país mostrando seu rock’n’roll dançante e com bons riffs de guitarra e refrões contagiantes. Eles já possuem dois EPs lançados pela Bazuka Discos e uma das músicas do EP “Fanny, you’re no fun” integra a trilha sonora de Alice, mini-série do canal HBO. Com diversas e memoráveis apresentações pela noite recifense, a Sweet Fanny Adams de Diego (baixo/vocal), Helder (guitarra), Leo Gesteira (guitarra/vocal) e Rafael Borges (bateria) consegue animar qualquer festa.

E para encerrar este moderno e irreverente baile de pré-carnaval roqueiro, a The Playboys faz o pré-lançamento de seu disco “Chega de Niilismo”. O grupo que possui mais de dez anos de estrada pedindo mesada já se apresentou tanto em hospitais psiquiátricos, quanto em grandes festivais. Se utilizando do punk e do rockabilly para satirizar comportamentos culturais e situações vivenciadas por seus integrantes, a The Playboys ainda toca instrumentos de brinquedo e possui letras sarcásticas que cultuam o absurdo. Nada mais apropriado para agitar o público antes do bloco do rock sair para a rua.

QUERO BOTAR MEU ROCK NA RUA
Shows com Badminton, Pocilga DeLuxe, Sweet Fanny Adams e The Playboys
Local: Quintal do Lima – Rua do Lima, 100 – Santo Amaro
Data: Domingo – 1º de fevereiro – A partir das 16h

Mais informações:
www.myspace.com/badmi
www.myspace.com/pocilgadeluxe
www.myspace.com/sweetfannyadamsmusic
www.myspace.com/theplayboysofficial

Posted domingo, fevereiro 1st, 2009 under Notícias.

Comments are closed.