Jens Lekman no UK Pub

Por Hugo Montarroyos em 20 de junho de 2009

O RecifeRock foi conferir, na última terça-feira, dia 16, no UK Pub, o show do cantor sueco Jens Lekman. Na verdade, há muito pouco a ser dito sobre ele. O show passa uma forte impressão de golpe, com Lekman na guitarra acompanhado por um sujeito nas programações. Ele toca em cima dessas bases pré-gravadas, e o som do grupo aponta para duas direções: o pop fofinho do Belle & Sebastian (só que bem diluído) em alguns momentos, e a disco dos anos 70 em outros. Não convence em nenhuma das duas frentes. Tudo soa improvisado, e paira no ar uma pergunta que não quer calar: “mas é só isso?”.Vale registrar que uma parcela do público, constituída pelo estereotipo indie (All-Star, cara de intelectual deslocado), se espremeu na frente do palco, cantando uma a uma todas as canções do sueco. A outra metade procurou ignorar a apresentação, e chegou até a xingar os presentes que pediram bis. Quem já era fã, saiu de lá ainda mais fã. Quem não gostava, reforçou sua opinião. E os que não conheciam (eu) ficaram com a impressão de que não haviam perdido nada até então. Na parte que me toca, achei Jens Lekman tão irrelevante que 13 linhas são mais que suficientes para descrever seu show.

30 Comments

  1. Posted 21 de junho de 2009 at 8h53 | Permalink

    Hugo!

    Vc tem problemas cara.

  2. Posted 21 de junho de 2009 at 9h06 | Permalink

    kkkkkk
    Eu adorei essa resenha!! Hugo é autêntico, isso também é importante!
    Deve ter sido uma bosta mesmo.

  3. Fernando
    Posted 21 de junho de 2009 at 12h05 | Permalink

    sinceramente, vcs confundem o gosto pessoal de vcs com o mérito dos eventos. todo mundo sabe que vcs só gostam de metal e punk e coisas um pouco mais rock e quando aparece alguma coisa mais pop, já querem logo falar mal. se a galera que tava lá pra ver o show que gostou, pediu bis e ficou na frente do palco é porque o show foi muito bom, não?! se teve quem ignorou, problema… até porque dificilmente tem algum show que agrade a 100% do público. mas se vocês ficam nessa de não ouvir e não gostar então porque colocaram anuncio do show no site e divulgam ou vão pro show?

  4. Guilherme
    Posted 21 de junho de 2009 at 12h51 | Permalink

    “…acompanhado por um sujeito nas programações.” Achava que pra um jornalista cobrir um show, devia pelo menos saber de quem se tratava.

  5. Carlos
    Posted 21 de junho de 2009 at 13h02 | Permalink

    Sobre o post acima… Acho que pra o sujeito nas programações ser citado, ele precisava ser tão significante ao ponto de ser anunciado como parte de uma banda.

    e… “vcs confundem o gosto pessoal de vcs com o mérito dos eventos.”
    Ué, mas a resenha não criticou o evento em si, que deve ter sido muito bem organizado, já que tem o Coquetel Molotov por trás. A crítica foi à banda, até onde eu li.

    E quando é que neguinho vai aprender que qualquer texto é dotado de ideologia e opinião pessoal, e que nada consegue ser completamente neutro?

    Achou ruim? Escrevam suas resenhas ;)

  6. Posted 21 de junho de 2009 at 13h03 | Permalink

    digo… “Acho que pra o NOME do sujeito nas programações ser citado…”

  7. nandafox
    Posted 21 de junho de 2009 at 13h29 | Permalink

    Hahaahahahaahahaha, Hugo, um maigo meu foi só reclamando de mim pq n fui, moro perto do UK, ele me ligou dizendo que foi uma bosta, hahaahahahahaahahaha. Parecia um golpe, qq um pode ser Lekman, até um mendigo de qq cidade brasielira. UI, me safei !!!!!!

  8. Posted 21 de junho de 2009 at 15h19 | Permalink

    @nandafox, no dia em que um mendigo ou qualquer um fizer, compor e cantar as músicas que ele fez, pode avisar.

    o problema é que vcs não conhecem as coisas, não se dão ao trabalho de ouvir, confundem performance ao vivo com as músicas. até parece que ele é o único que usa laptop e batida eletrônica e sampler pra tocar.
    vão ouvir o cara primeiro em disco, myspace e blog e depois tirem suas conclusoes

  9. Posted 21 de junho de 2009 at 18h25 | Permalink

    Mas uma farsa sueca que o coquetel molotov nos enfia goela a dentro. Não só aqui no reciferock mas outros sites que cobriram o show também meteram o pau, chamaram ele de cantor de playback, wando da suécia, musica de menininha e daí pra cima.

  10. Posted 21 de junho de 2009 at 18h27 | Permalink

    Ah, e parabéns pela resenha Hugo! Tem que meter o pau mesmo nessas fofices da suécia!

  11. Posted 21 de junho de 2009 at 20h54 | Permalink

    meu irmão pra Hugo dizer que foi uma bosta deve ter sido um terror mais esse sueco chatonildo a marcar presença nesses shows mequetrefes que infetam a cidade.
    Desculpe hugo a critica mas qualquer banda bosta é boa pra voce então fico imaginando o quão ruim deve ter sido a noite no UK.
    Esse pessoal do Coquetel armou alguma troca de favores com a turma nórdica nunca entendi o porque, só vem galego nerd tosco emo tímido cabeça undeground mtv pra cá tá bom de mudar essa avalanche de inutilidades musicais!

  12. Posted 22 de junho de 2009 at 12h14 | Permalink

    Na Suécia tam ótimas bandas, mas essa aí..

  13. Posted 23 de junho de 2009 at 0h49 | Permalink

    vai ver show de joão do morro, hugo!

  14. Posted 23 de junho de 2009 at 2h12 | Permalink

    hahahha

    hugo falou maravilhas de joao de morro e de el mocambo autoral!!!!

    hahaha

    se disse q o sueco foi ruim, então é pq deve ter sido algo próximo de um ataque cardíaco

  15. Posted 23 de junho de 2009 at 7h02 | Permalink

    el mocambo autoral é uma das coisas mais toscas que eu já ouvi sou mais joão do morro!!!!!!! pelo menos joão é humilde e é famoso!

  16. Tapa na orelha de hugo
    Posted 23 de junho de 2009 at 13h40 | Permalink

    neto, ou então o show foi muito bom pro refinado gosto musical dele

  17. Posted 23 de junho de 2009 at 16h41 | Permalink

    Na verdade, Jens sempre toca acompanhado de uma banda completa. Como seria caro demais trazer todo mundo da Suécia para o Recife, ele optou por usar o playback para os instrumentos. Vocês achariam melhor se ele fizesse só voz e violão?

  18. Posted 23 de junho de 2009 at 16h45 | Permalink

    O texto nã fala sobre música, a não ser no trecho: “o pop fofinho do Belle & Sebastian (só que bem diluído) em alguns momentos, e a disco dos anos 70 em outros”. Se não quer falar sobre música, o jornalista deveria fazer um site de colunismo social ou algo assim.

  19. Posted 24 de junho de 2009 at 11h25 | Permalink

    Todo compositor que se preze tocaria sem problemas suas músicas só com voz e violão, se não toca é porque as músicas não tem consistência! playback é coisa de boyband!

  20. Posted 25 de junho de 2009 at 17h45 | Permalink

    Site parado da porra. Parece que não acontece nada nessa cidade.
    Povo preguiçoso. Vão cobrir os eventos!

  21. Diogo Guedes
    Posted 26 de junho de 2009 at 12h45 | Permalink

    Falar mal do show é uma coisa, Hugo. Mas falar do público dessa forma eu acho um desrespeito do caralho. E outra… O site passa anos sem ser atualizado e quando é, vem uma matéria ruim dessas que não soma nada a ninguém. E sem ressentimentos, por favor. Se eu te conhecesse, falava isso pessoalmente.

  22. Posted 29 de junho de 2009 at 3h45 | Permalink

    Onde assino essa sábia crônica sobre o show? perfeita.

    Outra informação, onde recebo minha 2 horas de volta que gastei ao sair decasa para ver esse lixo tocar?

  23. Posted 29 de junho de 2009 at 3h56 | Permalink

    1 mês de Luto depois desse show. Em memoria da música de qualidade.

  24. Posted 29 de junho de 2009 at 12h06 | Permalink

    ahahahahahahaha

    Muito bom Hugo, fazia tempo que nao via uma resenha tão simples e direta, quase todo mundo que conheço que foi ao evento falou em golpe.

    :P

  25. Posted 29 de junho de 2009 at 19h18 | Permalink

    e depois dessa aí de que o cara tava com a gripe H1N1? quer dizer que a turma além de ter assistido um show sacal, ainda pegou a gripe suína? digratis! eu processava!

  26. doente
    Posted 29 de junho de 2009 at 21h52 | Permalink

    hugo deve ter ficado doente depois do show e quis falar mal pra descotar, hauahahuahauh

  27. Posted 30 de junho de 2009 at 0h52 | Permalink

    otario de quem foi pra esse show só por causa do selo “coquetel molotov de qualidade”, pagaram pra pegar gripe suina com a invasao cueca!

  28. Posted 30 de junho de 2009 at 6h47 | Permalink

    pra voces ta muito bom!

  29. Posted 30 de junho de 2009 at 12h58 | Permalink

    coquetel moltov só aposta errado impressionante!

  30. Posted 30 de junho de 2009 at 13h20 | Permalink

    e as bandas da hungria por que não trazem tambem?