As Mais Novas – Terra Papagali Coffee Shop

O destaque de hoje é um projeto de dois músicos bastante conhecidos na noite recifense. Ricardo Chacon e Piero Bianchi, que fazem parte do grupo Nós4, compõe juntos desde 2005 e sentiram a necessidade de juntar e registrar essas canções num disco com os seus próprios arranjos e produção. Nasceu assim o Terra Papagali Coffee Shop.

Terra Papagalli Coffee Shop

Terra Papagali foi o nome dado ao Brasil em meados do século 18; quando seus papagaios, araras e periquitos chamavam a atenção dos navegadores que chegavam no, até então, Novo Mundo. E o Coffe Shop? Vem da paixão que os dois têm pelo café e os coffee shops europeus por onde passaram durante as gravações do disco; que foi registrado na França (Studio La Folie ), Holanda (Dufry Music) e aqui no Recife (nos estúdios Carranca e Fábrica). Entre os convidados especiais estão músicos da Nós 4 e cantoras como Isaar, Dulce e Cynthia Chacon e a francesa Camille Baroiller.

Suas músicas simples trazem um novo olhar da música brasileira; principalmente porque eles conseguem fazer uma viagem por toda a regionalidade e variedade de ritmos (como ciranda, frevo, xote, chorinho, samba e bossa nova) sem soar como algo chato, sem identidade. Muito pelo contrário; o disco é inspirado, bonito e bem agradável de se ouvir.

Nós falamos sobre amor, natureza e passagens da vida” afirma Piero, responsável por arranjar as canções letradas e interpretadas por Chacon, e que andam agradando os ouvidos de muita gente, inclusive o do músico Sanbê: “Quando ouvi o Terra Papagali pela primeira vez me soou como um disco de música brasileira, popular do ponto de vista de quem o idealizou. É sincero e feito com cuidado. E é bom ver concretizado um projeto com novos formatos de se pensar música pernambucana. Tem uma sonoridade bem parecida com outras coisas que já conhecemos e ao mesmo tempo é bem diferente do que se faz hoje por aqui.

O disco tem várias nuances de música regional do estado, também tem um ‘quê’ de lounge europeu, de uma MPB sofisticada com letras de métrica ousada, com melodias bem cantadas, bem definidas. Um cd leve que não se preocupa com as modernidades vigentes, e nem bandeiras.

E aí? Quer saber mais sobre a Terra Papagali Coffee Shop?
Então, escute a música “Preta e Branca” (que está logo aqui embaixo), leia a entrevista e tire suas próprias conclusões!

Terra Papagali Coffe Shop – Preta e Branca

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Explica pra quem não conhece como é o som da banda. Que sons vocês curtem e quais são as suas influências?
Bom, nossa música é basicamente brasileira. No disco tem samba, baião, bossa-lounge, afoxé, maracatu etc. Todos esses ritmos estão presentes no disco, de forma discreta e misturada. Gostamos de sons do mundo todo, na verdade. Música argentina (piazzola), rock inglês e alguns americanos (como Wilco), música francesa, italiana, etc. Mas confesso que somos grandes apaixonados pela música brasileira, regional e nacional. Pesquisamos o quanto podemos. Nossas influências são bem diversificadas, mas acho que posso citar Edu Lobo, Edgard Moraes, Tom Jobim, Milton Nascimento, Moacir Santos, entre outros.

Vocês fizeram poucas apresentações aqui no Recife, né? Como foram os shows?
Até agora fizemos três apresentações. Todas foram muito boas, muito prazerosas. E com entrada gratuita, uma coisa que nos agrada muito. Público caloroso sempre. Esperamos fazer mais este ano!

É difícil ser uma banda nova no Recife?
Acho que hoje em dia é difícil ser uma banda nova em qualquer lugar do mundo. No nosso caso fica ainda mais complicado porque não temos muitos espaços para este nosso tipo de música, mas eu sinto que a coisa está melhorando e diversificando bastante.

Quais são os planos futuros da banda?
Este ano esperamos poder divulgar mais o disco e as músicas. Estamos com algumas propostas para apresentações nesses meses, o que nos deixa ainda mais otimistas. Mas até o fim do ano gostaríamos de gravar um segundo disco desse projeto.

Quais são as melhores bandas pernambucanas na opinião de vocês?
Olha, essa pergunta é praticamente impossível de responder! A diversidade musical em Pernambuco é tão grande que ficaria difícil até se fosse pra fazer uma lista. Tem a Orquestra Contemporânea de Olinda, Arabiando, Monica Feijó, Renata Rosa, Paulo Paes… Tem a Nuda também, e por aí vai…

Tem alguma banda nova legal na cidade? Indica aí pra gente!
Olha, acho que as novidades que a gente conhece todos já devem conhecer. Mas a gente gosta muito do disco da Orquestra Contemporânea de Olinda. Esse a gente indica sem moderação.

Se quiserem acrescentar algo, o espaço é de vocês!!!
Bom, a gente convida todo mundo pra conhecer esse nosso trabalho que é feito sempre com muito carinho e dedicação. O nosso MySpace tem quase todas as músicas do disco, além do link pra baixá-lo inteiro e alguns vídeos nossos de shows. Muita paz a todos!

Gostou da Terra Papagali Coffe Shop e quer escutar mais músicas do projeto?
Acesse já o seu MySpace!

Ah, e pra quem não sabe, As Mais Novas é um espaço aberto pra todo mundo, portanto mande já um e-mail pra asmaisnovasshow@gmail.com falando do seu projeto ou da banda de algum amigo. Até mais!

Posted terça-feira, agosto 4th, 2009 under As Mais Novas.

3 comments

  1. O myspace não tá entrando :(
    Acho que a link de vocês tá com um L a mais :)

  2. Eu quero ver um show do Terra Pagali Coffe shop,eu tenho o cd que é muito bom dar para perceber todas essas influências citadas ai no disco,eu quero vê um show deles.

  3. sonzera! curti mesmo