Fora do Ar 3: Superdrive e Mellotrons

Por Recife Rock! em 10 de novembro de 2004

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show
FORA DO AR 3: SUPERDRIVE E MELLOTRONS
data: 05/11/2004 (Sexta) – local: Ultra
com SuperDrive (SP) e Mellotrons
Resenha por Breno Mendonça – Fotos por Bruno Negaum e Ariana Couto

O power-pop desencanado da Superdrive e do rock sofisticado do Mellotrons
em 05/11/2004 por Breno Mendonça

A terceira edição da festa Fora do Ar, capitaneada pelo pessoal da banda Rádio de Outono, que rolou na última sexta na boate Ultra, evidencia a dificuldade de se realizar eventos organizados ligados ao underground local.

As boas bandas Mellotrons e SuperDrive, o lugar deveras aprazível, a ótima estrutura de som e o fato desta ser uma das poucas festas regulares do Recife não foram motivos suficientes para convencer o público a comparecer, sendo esta a de menor quantidade de pagantes desde a primeira edição. Lamentável.

Quem não foi deixou de conhecer o novo projeto dos ex-integrantes dos grupos Astromato e Raindrops, o SuperDrive. Eles são a primeira banda do recém-nascido selo Musicland Records, parceria João Pessoa-Recife. Armando Turtelli, guitarrista e vocalista do grupo, ainda fez parte do ótimo Ártico Blue. O SuperDrive, como não poderia deixar de ser, tem muito da sonoridade das ex-bandas dos seus integrantes, com influências centradas em grupos como Jesus & Mary Chain, Teenage Fanclub e Pixies.

E foi isso que se viu na apresentação deles, a primeira da noite. Muita guitarra num volume bem alto, muita melodia no vocal em músicas simples, despojadas e divertidas, como uma boa música pop deve ser feita. Canções como ‘First Day Of The Year’, ‘High School Kisses’ e ‘Send Me Back’ evidenciam a vertente power-pop influenciada pelo Teenage Fanclub, enquanto que ‘You Got Me Wrong’, de tão pop que é, lembra muito o Fountains Of Wayne. Ainda rolaram os covers bem sacados do Stone Roses (‘Elephant Stone’) e do Ártico Blue. A performance do grupo foi aditivada pela presença do sempre esperto baterista Gleisson Jones do Rádio de Outono.

Depois do power-pop desencanado do SuperDrive era hora do rock sofisticado do Mellotrons, que também faz pop, mas de uma maneira bem particular. O Mellotrons é uma banda de ótimos e pegajosos refrões, desses grudentos mesmo, que fazem você cantar junto. Porém eles não pegam o caminho mais fácil para alcançar tais resultados.

Seus intrincados arranjos de guitarra e sua forma não linear de composição acabam por deixar ainda mais belas as canções. Cure, Sonic Youth, Ride, Swervedriver e Interpol estão entre as referências mais claras.

E foi com uma das mais belas que eles começaram: ‘Slow Motion’. É uma música foda, sem dúvida! Climática, hipnótica, a melhor composição do grupo. ‘Colors to Remind Me’ é outra que já habita o subconsciente daqueles que acompanham a banda. Mas é em ‘Evening’ que a recepção é mais calorosa, sendo prontamente marcada por palmas da platéia. As músicas do EP do grupo são as de maior resposta do público. ‘Lovesong’ do Cure foi classe. ‘Tongue’ é outra que mostra que eles estão prontos para um disco “inteiro”. Músicas boas não faltam.

Claro que as guitarras são o destaque do grupo, mas o baixo de Marcos é executado com tanta eficiência que ele quase chega a roubar a cena. Os vocais são um caso a parte. Ênio canta muito bem, mas acho que o vocal de Haymone dá uma cara ao grupo. Seu carisma está justamente na sua timidez de cantar ou até mesmo de falar com a platéia.

Um bom baterista, dois ótimos guitarristas, um ótimo baixista, um punhado de ótimas músicas e uma ainda pequena, mas que tem tudo para se agigantar, legião de fiéis seguidores. Este é o Mellotrons.

Encerrada a fatura, fica a dúvida de uma possível não-realização de uma próxima Fora do Ar. Manter uma festa com esses padrões chega a ser uma tarefa quase impossível já que o público roqueiro daqui teima em não comparecer. Estamos na torcida para que continue, pois são essas iniciativas que fazem a diferença.

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show

Links:
» Mellotrons no RecifeRock
» Site da Musicland Records

——–