Porão do Rock 2006 (Segunda Noite)

Por Recife Rock! em 6 de junho de 2006

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show
PORO do ROCK (Segunda Noite)
data: 03/06/2006 (Sábado) – local: Estádio Mané Garrincha (Brasília)
com Lucy and the Popsonics (DF), Playground (SP), Johnny Suxxx (GO), Capotones (DF), Rollin´Chamas (GO), Forgotten Boys (SP), Luxúria (SP), Prot(o) (DF), Ultraje a Rigor (SP), Walverdes (RS), Bois de Gerião (DF), Los Natas (Argentina) e Detonautas (RJ)
Resenha por Sérgio Souto Maior – Fotos por Divulgação

Atraso de quase 1 hora e frio…
em 03/06/2006 por Sérgio Souto Maior

A segunda noite do Porão do Rock começou com um atraso de quase 1 hora e com uma temperatura baixa (por volta dos 18 graus). Quem primeiro subiu ao palco foi a banda brasiliense Lucy and the Popsonics . Com apenas 2 integrantes e influenciada claramente por Vive La Fete, Stereo Total e The Kills (coincidência ou não, todas bandas que já tocaram no Recife), eles mostraram ao público de pouco mais de 500 pessoas, a mais charmosa e simpática vocalista do Porão 2006, Fernanda Popsonic (confiram nas fotos), com suas letras irreverentes e jeito fofinho de ser. Soa como a Rádio de Outono em versão eletrônica e sem teclados.

Em seguida, foi a vez do grupo paulista Playground com sua mistura de rock, reggae e ska. As músicas deveriam ter sido tiradas do seu cd de estréia, ‘Está em casa’, lançado em 2005, mas com a recepção fria do público, eles mandaram ver nos covers e apelaram. Tocar num festival como o Porão do Rock e em 30 minutos de show emendar “Nós vamos invadir sua praia” (Ultraje a Rigor), “Polícia” (Titãs) e “Aluga-se” (do Raul Seixas), além de “Que País é Este” (Legião Urbana) é inaceitável e imperdoável. Lembrei muito do Rock in Rio, quando ainda era no Rio e o Surto (alguém ainda lembra deles?) tocou no palco principal e em 25 minutos tocaram 4 covers e ainda repetiram o único e esquecível hit deles “A Cera”. Arghhh!!!

De Goiânia, veio o Johnny Suxxx and the Fucking Boys , que mostrou entrosamento no palco, tocou alto e mostrou toda a força do rock goiano, que há muito tempo chama a atenção de todos. Até a pose de estrela do rock do vocalista, que canta em inglês e tem uma performance bem digamos à vontade, contribuiu para a performance. Vale lembrar que a banda foi escolhida na seletiva realizada em Goiânia e não fez feio no palco do Porão do Rock. Conversando com alguns garotos e garotas do público,em uma rápida pesquisa, deu pra notar que a maioria veio mesmo pra ver o Ultraje e Detonautas, mas que prestam bastante atenção a todas as bandas novas e isto faz a diferença; Aliás, esta é a receita do Porão .Bandas conhecidas pra chamar o público e entre elas, toneladas de bandas novas de todos os lugares do Brasil. Principalmente as locais como a Capotones , que já encontrando um público maior na arena do festival mostrou suas guitarras inflamadas de psychobilly, com influências de Cramps, Elvis Presley e Reverend Horton Heat e deixou uma ótima impressão no público presente e na crítica musical que se encontra nesta edição do Porão.

Eu falei que iria passar de novo na tenda eletrônica. Isso mesmo, hoje ela foi eletrônica e batizada de Tech-Tronic. Bem mais gente, apesar do público deste segundo dia estar bastante inferior à noite do metal. Djs locais, pelo visto bem conhecidos da galera presente e um som superior ao de ontem, fizeram a tenda realmente ter valido à pena.

De volta ao palco principal, e nunca é demais lembrar que são dois palcos lado a lado e com a mesmíssima e excelente estrutura de som e iluminação, é hora de conferir o show de uma banda que cresceu muito em disco e em show. Forgotten Boys , a banda do Chucky da MTV já entrou arrasando e incendiando o palco com “Kick out the jams”. É verdade que as vezes parecem demais com uma banda nova iorquina, mas é inegável que os caras estão tocando muito bem e cada vez mais entrosados no palco. E mesmo na música “Não vou ficar”, a única cantada em português, mostraram que este pode ser um caminho bem interessante pra que eles atinjam um público cada vez maior. Na ativa desde 1997, definitivamente, a maturidade sonora chegou aos 4 rapazes de São Paulo e desde já, pode ser considerado um dos melhores shows do Porão do Rock.

A banda Luxúria , que no ano anterior surgiu como revelação do Porão, este ano e com o apoio maciço da MTV que não para de executar a música “Ódio”, cantada em coro pela galera presente, mostrou um excelente punch no palco. Alguns momentos altos do show foram “Imperecível” e “Cinderela Compulsiva”, dedicada “às mulheres do rock’n’roll”. A música “Artifício Mágico”, que fala “Quem será que pode me vender um pouco de prazer pra agüentar a vida…?” encerrou a apresentação, com direito a caras e bocas da vocalista Meg Stock. Pitty que se cuide.

Prot(o) do Distrito Federal, e que já passou pelo Abril pro Rock, já é veterano no Porão do Rock. Em sua quarta apresentação no Festival, a banda mostrou novas músicas como “Fora de esquadro” e “Retrovisor” que estão no segundo CD deles, que sairá este ano pela Monstro Discos.

O Ultraje a Rigor foi um caso à parte: o começo com Zoraide não poderia ser melhor e lembrou que ao lado de “Cabeça Dinossauro” dos Titãs, o 1º disco deles, “Nos vamos invadir sua praia” talvez sejam os discos mais representativos da historia do BRock.Tirando um tiozinho nada a ver nos backing vocals e pandeirola ???, foi um show que deu muito gás pra uma noite que a esta altura apresentava um bom público, em torno dos 7 mil presentes.

A melhor surpresa da noite veio da Argentina e atende pelo nome de Los Natas. Com um som pesadão e por vezes lembrando os anos 70, eles mostraram excelentes instrumentistas e as vezes soavam como o Black Sabbath. Pena que a escalação antes dos Detonautas e no dia errado,eles estariam bem melhor na sexta metal, fizeram um público ínfimo prestar atenção neles. Fica provado mais uma vez que é necessário uma maior atenção às bandas hermanas. Tem muita coisa boa.

Clique na imagem abaixo para abrir a PopUp com as fotos do Porão do Rock (Segunda Noite):

CLIQUE AQUI para abrir a janela pop-up com as fotos do show

Links:
» Site do Porão do Rock 2006

——–

%d blogueiros gostam disto: