Demolindo: Os Picassus e Preatcher

Por Hugo Montarroyos em 16 de março de 2007

O Demolindo desta semana traz o rock um tanto equivocado de Os Picassus e o metal do Preatcher. Escute, opine, concorde e discorde.

Os Picassus

Os Picassus

Pensei mil vezes antes de decidir escrever sobre Os Picassus. Não quero ser duro com banda independente, nem mal educado e tampouco contribuir para o fim precoce da carreira de alguém, mas a banda é emblemática de tudo o que não se deve fazer antes de gravar. Primeiro, o elogio. São bons músicos. Mas isso hoje em dia não quer dizer nada, a não ser que você queira passar o resto da vida tocando cover. Existe gente que nasceu para ser músico e gente que nasceu para ser compositor. Quando essas duas aptidões convergem numa mesma pessoa, bingo!, tudo está resolvido. Vocês precisam de um compositor. Urgente! As letras são muito fracas, primárias, ruins mesmo. Parecem saídas do caderno de um adolescente da 6º série. O instrumental também não ajuda. Riffs manjados, usados à exaustão por milhares de bandas. Tem até uma música que parece trilha sonora de comercial de cursinho pré-vestibular. Bem, eu começaria tudo de novo. E abriria uns livros também. Não dá para ser bom letrista se o nível de leitura fica apenas em Paulo Coelho e O Senhor dos Anéis. E arrumem um compositor. Porque bons músicos vocês são. Boa sorte.

Escute: Os Picassus – Fuga
[audio:http://media.trama.com.br/tramavirtual/mp3/m_23/118967.mp3]

links:
Os Picassus no RecifeRock!
Os Picassus no Tramavirtual

Preatcher

Preatcher

Rapaz, que boa surpresa. Ótima banda de metal, na linha Iron Maiden mais pesado, com pitadas de Metallica e de Testament. Baixista e vocalista são impressionantemente bons, embora toda a banda faça bem o seu papel. Aqui e ali, a influência acaba se transformando em reverência, seja com Raphael Dantas, que às vezes lembra demais Bruce Dickinson, ou nos vocais em conjunto, que remetem ao Metallica da fase Masters os Puppets e parecem um tanto forçados. Mas não compromete o todo. Não faria feio em nenhum festival. Acho que é questão de tempo para começarmos a ouvir falar no Preatcher. Ah, e muito bem gravado!

Escute: Preatcher – Killing Machines
[audio:http://media.trama.com.br/tramavirtual/mp3/m_32/164177.mp3]

links:
Preatcher no RecifeRock!
Preatcher no Tramavirtual
Preatcher no MySpace

18 Comments

  1. mona
    Posted 16 de março de 2007 at 17h04 | Permalink

    haaaaaaaaaaaaaaa….
    a Preatcher é muito boa ô rapá! =D
    já curti uns shows deles!
    e não irão fazer feio em algum festival! XD

    e sobre os picassus, bem…. fiquei curiosa pra ouvir! ;)

    =*

  2. Guilherme Moura
    Posted 18 de março de 2007 at 0h18 | Permalink

    Do release: “Os Picassus, remanescente da extinta Van Grogh… prometendo, através da sua grande musicalidade, colocar sua pequena, porém eterna contribuição na a história do Rock”.

    ps. Ajeitei as fotos e coloquei uma música de cada banda.

  3. Vampira Malvada
    Posted 22 de março de 2007 at 17h12 | Permalink

    O Preatcher é uma banda que merece todo o apoio do mundo, pois a galera ta se esforçando pra fazer um som legal! que representa muito bem nossa cena pernambucana metal!

    Força galera!

  4. Giba
    Posted 23 de março de 2007 at 19h06 | Permalink

    Um recado para o Hugo Montarroyos :
    Para puxa sacos como você e muitos outros daqui de Recife, bandas boas são lixeiras, tais como aquela droga da “Terceira Edição”, que compõe Trilhas sonoras para filmes da “Xuxa” e para novelas nível “Corrossel” e Jonny Hooker “baixíssimo nível” que consegue, durante dois anos, chegar a final de um grande concurso no âmbito de Recife ” Microfonia”!
    Só mais um detalhe, antes de criticar o intelecto das pessoas com sarcasmos “idiotas”, procure saber de quem você está falando e talvez você descubra que o seu nível está bem aquém!
    Portanto faça um favor para a comunidade e vá chupar parafuso até virar prego !!!

  5. Diego Coutinho
    Posted 24 de março de 2007 at 1h26 | Permalink

    Com relação aos Picassus…

    Você só fez esculhambar a banda, meu chapa.

    Você acha que toda banda pra fazer sucesso tem que escrever e tocar ABSURDAMENTE BEM e com conteúdo intelectualmente EXCELENTE???
    então se for por isso, mais de metade das bandas que vcs idolatram e babam o ovo por aqui também deviam ir ao jardim de infância do conservatório e reaprender tudo. (vide festival MICROFONIA, uma enganação total)

    tudo bem as letras da banda não serem grande coisa, mas que você pegou pesado, ah, pegou.

    se você tem um modelo de banda pro qual vc provavelmente paga pau, sinto muito, ninguém pensa igual.

  6. Diego Coutinho
    Posted 24 de março de 2007 at 1h34 | Permalink

    outra coisa, muito importante.

    como resenhar uma banda por apenas UMA música???

    será que as outras são tão ruins como vc faz parecer??
    eu suponho que não sejam. não pra o resto do povo que escuta o CD e curte o som…

  7. Giba
    Posted 24 de março de 2007 at 1h55 | Permalink

    Só mais uma coisa para o HUGO:

    Tu devia gastar o seu tempo escrevendo coisas que prestam e venham a incentivar, até mesmo as piores bandas para que estas cresçam musicalmente, ao invés de ficar escrevendo matérias cheias de sarcasmo e de caráter destrutivo como esta.
    Cara, na boa! Tu pegou pesado e devia repensar a tua vida utilizando a sua profissão para realizar grandes feitos! Da mesma forma que vc disse que existem milhares de bandas fazendo os mesmos riffs dos Picassus, existem milhares de “pequenos reporteres” se utilizando da palavra para denegrir instituições que muitas vezes são de boa fé.

  8. Posted 24 de março de 2007 at 2h50 | Permalink

    bem, fiquei um tanto decepcionado com o Pablo pela sua crítica, vá lá que seja, não gostou da(s) letra(s) da banda, que seja, mas, daí a dizer que os Riffs são batidos? achei forçação de barra de sua parte, pra mim vc deu uma tremenda furada nessa hora, também percebi que coisas que são de primordial importância ficaram de fora em sua crítica como vocal, arranjos, etc…
    Pelo que li na crítica deu a impressão de você só ter escutado uma música, na minha opinião a música em questão é “Fuga” (até os componentes da banda concordam com você nesse aspecto), mas não creio que você escutou (ou prestou atenção em) Linhas do teu corpo, nas Cinzas do tempo, Malabaris, Through the Night e As horas.
    Mas, dou minha cara a tapa, fui eu quem solicitei a crítica e você deu sua opinião, ainda que eu discorde de vários pontos, então boa sorte pra você e que você seja feliz em outras críticas já que (na minha opinião) você não foi feliz na minha…

  9. Posted 24 de março de 2007 at 2h55 | Permalink

    em tempo, onde tem escrito Pablo leia-se Hugo (tava vendo uma crítica do Pablo vilaça e fiquei com o nome dele na cabeça…

  10. Posted 24 de março de 2007 at 9h45 | Permalink

    Porra. Essa banda picassus é uma piada RUIM!, começando pelo nome. Malabares é um reggae/rock ruim ‘As crianças brincam com malabares no meio da rua e dormem na noite fria’ ? Linhas do teu corpo “Não resisti ao viCIO, o velho preciPIO” ? RUIM-PRA-CARALHO! E esses caras que escreveram são da banda: Diego Oliveira coutinho – Bateria; David Barreto de Oliveira – Guitarra/Voz; Gilberto de Moraes Corrêa Júnior – Guitarra.

  11. Julius
    Posted 24 de março de 2007 at 16h51 | Permalink

    Impressionante a performance do preatcher em shows, aparecendo como uma banda nova no cenário recente mas com uma bagagem invejável destruindo os tímpanos com suas composições pesadas e bem trabalhadas. Será que temos outras bandas com o mesmo grosso calibre do preatcher em Pernambuco? Não, as outras bandas vão ter que ralar pra agradar os “camisas pretas” como eles fazem! O picassus eu nunca escutei uma banda com esse visual, som da Jovem guarda? The Fevers ou os Pholhas?

  12. Posted 24 de março de 2007 at 17h48 | Permalink

    para o jovem Paulo José…

    sim, Diego, Giba e eu somos da banda sim, mas é proibido dar nossa opinião???

  13. Posted 24 de março de 2007 at 18h24 | Permalink

    Querido David,
    Sua banda é uma merda. Para de chorar e aprende a fazer música.

  14. Giba
    Posted 24 de março de 2007 at 18h38 | Permalink

    Para Paulo José

    Irmão , eu só te digo uma coisa! O dia e a hora que tu quiser, a gente pode sentar para tomar umas cervejas e discutir um pouco de música e digo mais, se quiser tirar um som com a gente seria massa, pois daí a gente estuda direitinho e ve quem é quem. Tu deve ser algum pivete que toca emocore e fica apenas dar ipinião do que não saca, mas se não for, fico feliz em discutir e comentar tudo a respeito de música com você!
    O convite tá feito! Abraço!

  15. Diego Coutinho
    Posted 24 de março de 2007 at 19h04 | Permalink

    Para o Paulo José

    Pára de ficar se achando e faça música melhor.
    quando vc conseguir, eu me calo.

    até lá, vc não tem nenhum direito de mandar a gente fazer nada.

    e é pior que o hugo porque não tem noção do que fala.

  16. Diego Coutinho
    Posted 24 de março de 2007 at 19h07 | Permalink

    e aproveita, aprende a escrever direito.

  17. Posted 24 de março de 2007 at 19h10 | Permalink

    “Querido David,
    Sua banda é uma merda. Para de chorar e aprende a fazer música.”

    sem comentários, discutir com um cara desses???

  18. Guilherme Moura
    Posted 24 de março de 2007 at 21h04 | Permalink

    Bom. Esse tópico já deu o que tinha que dar…
    Além disso a banda Picassus já acabou, não tem porque esse assunto render mais:

    “o “Homi” detonou com a minha bandfa, inda bem que ela acabou antes da crítica, ahauhauhauha!!!!”
    David (Os Picassus) na comunidade do RecifeRock!

    Se alguém se sentiu ofendido e quiser responder, me envie um e-mail.
    TÓPICO ENCERRADO

%d blogueiros gostam disto: