Tapa na Orelha – Trocando em miúdos

Por Hugo Montarroyos em 22 de setembro de 2007

Hoje apenas trancrevo a genial composição abaixo.

Trocando em miúdos
Francis Hime – Chico Buarque/1978

Eu vou lhe deixar a medida do Bonfim
Não me valeu
Mas fico com o disco do Pixinguinha, sim ?
O resto é seu
Trocando em miúdos, pode guardar
As sobras de tudo que chamam lar
As sombras de tudo que fomos nós
As marcas de amor nos nossos lençóis
As nossas melhores lembranças

Aquela esperança de tudo se ajeitar
Pode esquecer
Aquela aliança, você pode empenhar
Ou derreter
Mas devo dizer que não vou lhe dar
O enorme prazer de me ver chorar
Nem vou lhe cobrar pelo seu estrago
Meu peito tão dilacerado

Aliás
Aceite uma ajuda do seu futuro amor
Pro aluguel
Devolva o Neruda que você me tomou
E nunca leu
Eu bato o portão sem fazer alarde
Eu levo a carteira de identidade
Uma saideira, muita saudade
E a leve impressão de que já vou tarde

p.s. dedicada a todos que conseguem a quase impossível missão de construir uma vida a dois…

15 Comments

  1. Jose Henrique
    Posted 22 de setembro de 2007 at 15h33 | Permalink

    Se separou,Hugo?
    Bola pra frente, cara. :>)

  2. Jose Henrique
    Posted 22 de setembro de 2007 at 15h33 | Permalink

    Ahhhhhhh faltou dizer que Chico Buarque é foda!

  3. ricardoB
    Posted 23 de setembro de 2007 at 21h10 | Permalink

    Na cidade platônica os poetas serão expulsos. concordo, principalmente os românticos, pois como diz quase Abujamra: os românticos tem mais é que se fuder. Provocações

  4. Fabiño
    Posted 24 de setembro de 2007 at 8h42 | Permalink

    putz parece coisa de emo

    rsrsrsrrsrsrsrsr

  5. sami
    Posted 24 de setembro de 2007 at 13h27 | Permalink

    toca chicooooooooo!!!!
    caralho essa música eé muito boa cara!
    e q mané emo!
    chico eternamente!
    \o/ \o/ \o/ \o/

  6. Posted 24 de setembro de 2007 at 15h48 | Permalink

    chico é bom de mais cara.

    acesse: http://www.carbucorock.zip.net
    tem novidades.

  7. Andre Intruso
    Posted 24 de setembro de 2007 at 19h27 | Permalink

    Tomara que o mundo lhe beije a boca
    Que algum cara sensato lhe aceite as tolices
    E que nao leve nada do que falar de mim..

    A nao ser que eu sempre bebo demais
    A nao ser que eu sempre fumo demais
    A nao ser que somos terras distantes
    E eu nao tenho hora pra parar de viver!!

  8. Manué
    Posted 25 de setembro de 2007 at 16h58 | Permalink

    como é que eu fasço pra colocar um comercial da minha banda no intervalo da novela das 8 na rede globo?
    igual ao china.

  9. Posted 25 de setembro de 2007 at 17h00 | Permalink

    será que é caro ?

  10. andré barbosa de barros
    Posted 26 de setembro de 2007 at 17h20 | Permalink

    o primeiro comentário é muito engraçado…rsrsrsrs…
    desculpe imita-lo mas: “separou foi hugo?bola pra frente cara…”rsrsrsrs…

    falando sério acho essa música meio infantil,além dele fazer questão de magoar a mulher(ou pessoa),chama-la de burra ou superficial,é cuspir pra cima.e além de infantil essa música é meio otária,pois
    do imóvel e da mobília o cara só quer o livro do neruda e o disco de pixinguinha,francamente… e ainda diz que banca uma benesse do futuro amor,francamente…óóóhhhhhhhh, como ele é bonzinho…

  11. Jose Henrique
    Posted 29 de setembro de 2007 at 1h10 | Permalink

    André Barbosa é todo metido a sabichão, mas não entende simples palavras de conforto.
    Tem certeza que é a música do Chico que é otária, André? ehehehhe
    Pra ser crítico não precisa ser amargo.
    Aprenda isso, pequena criança.

  12. andré barbosa de barros
    Posted 29 de setembro de 2007 at 10h56 | Permalink

    não precisa me detonar só pq tu gosta e se identifica com a música adulto.

  13. andré barbosa de barros
    Posted 29 de setembro de 2007 at 14h36 | Permalink

    tenho certeza absoluta ,grande adulto, de que esta música do chico buarque não é só otária mas tbm infantil.acho q vc é q é muito sensílvia e doça, não
    eu amargo menina .

  14. Andre Intruso
    Posted 29 de setembro de 2007 at 16h38 | Permalink

    Andre Barbosa..

    Que infeliz constataçao…..nao consegue sentir e notar a genialidade a um palmo do seu nariz…

    Chico Buarque !!

  15. Jose Henrique
    Posted 29 de setembro de 2007 at 17h57 | Permalink

    André Barbosa é tão bobão que acha que uma pessoa com sentimentos é sinônimo de boiolice.
    Torço, de verdade, pra vc ter uns 14/15 aninhos, se tiver essa idade, vc AINDA tem jeito.